Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O mercado francês é visto como prioritário para a ‘AlgarOrange’, a nova organização formada por nove produtores de citrinos do Algarve, que têm como objetivo promover estes frutos nos mercados interno e externo, dando especial atenção aos turistas que visitam a região.

O objetivo é promover as características intrínsecas dos citrinos algarvios nos mercados interno e externo, através de ações de divulgação em feiras internacionais, mas também junto da hotelaria e dos turistas do Algarve.

A ‘AlgarOrange’ quer conseguir uma maior projeção no mercado externo, tendo como mercados prioritários a França, a Holanda, a Dinamarca, a Inglaterra e o Canadá.

Atualmente, a organização é formada pela Cacial, Frusoal, Frutalgoz, Frutas Tereso, Frutas Lurdes, Parafrutas, Frutas Marquinho, Frutas Machorro e Frutas Matinhos.

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), entre janeiro e novembro de 2018, as exportações de frutas portuguesas atingiram 625.036.052 euros, o equivalente a uma subida de 5% face a igual período do ano anterior.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 5 Votos
6.4
X