Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A seleção portuguesa de andebol garantiu a melhor classificação de sempre em Europeus, ao vencer a Hungria, por 34-26, na última jornada do Grupo II da ronda principal.

De referir que neste encontro Alexandre Cavalcanti, jogador que atua no Nantes em França, apontou dois golos, enquanto Pedro Portela, andebolista que joga no Tremblay também em França, não participou no jogo.

Com este triunfo em Malmö, Portugal assegurou o terceiro lugar da sua ‘poule’ e vai disputar o quinto lugar do Euro2020, frente à Alemanha, no sábado, melhorando o sétimo lugar em 2000.

Portugal garantiu ainda a presença no torneio de qualificação para os Jogos Olímpicos Tóquio2020.

Jogo na Malmö Arena, em Malmö (Suécia).

Portugal – Hungria, 34-26.

Ao intervalo: 16-14.

Sob a arbitragem de Lars Geipel e Marcus Helbig (Alemanha), as equipas alinharam e marcaram:

Portugal: Alfredo Quintana, António Areia (5), Miguel Martins (2), Alexandre Cavalcanti (2), Diogo Branquinho (4), Luís Frade (1) e Daymaro Salina (5). Jogaram ainda: João Ferraz, Belone Moreira (7), Rui Silva, Alexis Borges (5), André Gomes (1), Fábio Magalhães (2), Humberto Gomes.

Treinador: Paulo Pereira.

Hungria: Roland Mikler, Zsolt Balogh (5), Bendegúz Bóka (4), Mátyás Gyori (2), Bence Banhidi (5), Zoltan Szita (1) e Péter Hornyák. Jogaram ainda: Adrian Cipos, Patrik Ligetvári (4), Márton Székely, Miklós Rosta, Bence Nagy (1), Dominik Mathe (4), Balint Fekete.

Treinador: Istvan Gulyas.

Marcha do marcador: 1-2 (05 minutos), 3-4 (10), 5-4 (15), 9-8 (20), 12-11 (25), 16-14 (intervalo), 18-15 (35), 20-18 (40), 23-20 (45), 27-21 (50), 31-23 (55) e 34-26 (resultado final).

Assistência: cerca de 1.500 espetadores.

 

LusoJornal Artigos
X