Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

A equipa de andebol do FC Porto desloca-se ao terreno do Paris Saint-Germain nesta quinta-feira, dia 26 de novembro, no Pavilhão Pierre de Coubertin, num jogo a contar para a oitava jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões da modalidade.

O clube português vai tentar vingar-se da derrota sofrida em casa perante os franceses. Um triunfo luso que os jogadores portugueses a atuarem em França não descartam em entrevistas ao LusoJornal.

Gilberto Duarte, atleta do Montpellier e que já representou o FC Porto, admitiu que a equipa da cidade invicta podia ter vencido o encontro em Portugal, o que significa que em Paris, tudo será possível: “O Porto podia ter ganho o jogo em casa e o Porto já provou que pode ganhar a qualquer equipa da Europa. Eles vêm aqui de certeza para ganhar o jogo”, frisou o atleta de 30 anos.

Alexis Borges, andebolista do Montpellier e que também já representou o FC Porto, está confiante num triunfo do clube luso: “Eu acho que neste momento o Porto é uma equipa que já tem muita experiência na Liga dos Campeões. E acho que neste momento o Porto pode ganhar a qualquer equipa. No ano passado o Porto venceu na Liga dos Campeões o Montpellier, em França, e esses jogos foram renhidos. Acho que tudo é possível frente ao Paris Saint-Germain. Eu vi um pouco a primeira parte do jogo em Portugal, fizeram uma boa primeira parte, não vi a segunda, mas soube depois que perderam frente aos Parisienses. De certeza que houve erros que se eles os corrigirem, podem ganhar facilmente”, assegurou o internacional luso de 29 anos.

Pedro Portela, internacional português do Tremblay e que já representou o Sporting Clube de Portugal, acredita que os Portistas vêm a Paris para arrecadar uma vitória: “O Porto estava a ganhar no intervalo no jogo em Portugal por 4, e perdeu na segunda parte. Por isso vencer é possível. Se o Paris não estiver atento, o Porto pode vir aqui para ganhar o jogo. A equipa portista tem muita qualidade, o Paris também, e vai ser um jogo interessante. Acredito perfeitamente que o Porto possa vir ganhar a Paris”, afirmou o atleta de 30 anos.

 

FC Porto foi derrotado no Dragão Arena

O FC Porto perdeu em casa com o Paris Saint-Germain, por 34-31, em jogo do Grupo A da Liga dos Campeões de andebol, mas mantém-se em zona de apuramento para a fase seguinte.

Os ‘Dragões’ até chegaram ao intervalo a vencer por 16-12, mas permitiram a reviravolta aos Parisienses, que somaram o segundo triunfo na prova.

“Não foi o nosso dia. Cometemos muitos erros, sobretudo na segunda parte, e estou desapontado por isso, mas temos de perceber que jogámos contra uma equipa fantástica. Qualquer pequeno erro na defesa dá golo frente a jogadores desta qualidade, mas espero que possamos aprender com a derrota, sobretudo com a segunda parte que fizemos. Sabemos que podemos vencer qualquer equipa, mas também podemos perder contra qualquer equipa se não jogarmos bem o suficiente”, afirmou Magnus Andersson, Treinador do FC Porto, após a partida.

O guarda-redes português do FC Porto, Alfredo Quintana, também estava desapontado com a derrota: “Ficámos com um sabor agridoce, porque fizemos uma primeira parte excelente. A segunda parte não foi assim tão boa, mas temos que ter em conta que estávamos perante uma das melhores equipas do mundo a nível técnico e tático com jogadores de grande qualidade em todas as posições. Só temos que aprender e continuar a trabalhar ao máximo”, admitiu o internacional luso.

Com este resultado, o FC Porto segue no quarto lugar, com seis pontos em sete jogos, enquanto o Paris Saint-Germain é quinto, com quatro em apenas cinco encontros.

 

Desporto
X