Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Desporto

 

 

O FC Porto sofreu ontem, em Montpellier, uma esperada derrota por 35-27 e falha assim o acesso aos quartos de final da Liga dos Campeões de andebol.

Na primeira mão do ‘play-off’ de acesso aos ‘quartos’, disputada no Porto, os gauleses já tinham sido mais fortes do que os ‘dragões’, dominando a partida, mas cedendo o empate na parte final, 29-29.

Ontem, no FDI Stadium de Montpellier, foi muito clara a diferença entre a equipa portuguesa e o Montpellier, clube já por duas vezes Campeão na competição e uma das equipas mais fortes da atualidade.

O Montpellier, que contou com o português Gilberto Duarte, esteve sempre na frente do marcador – primeiro em crescendo, até ao intervalo, a que chegou a ganhar por 19-11, e depois a gerir a diferença, que terminou também com oito golos entre as equipas, após um ‘pico’ de dez golos de diferença.

O guarda-redes Sebastian Frandsen, decisivo a segurar o empate no Dragão Arena, no Porto, foi agora impotente para contrariar a extrema criatividade dos gauleses, que contaram com o ‘poder de fogo’ do internacional Hugo Descat, que chegou aos sete golos (dos quais seis na primeira parte), e de Kylian Villeminot, que marcou por seis vezes.

O luso-cubano Daymaro Salina foi o mais eficaz no FC Porto, ao atingir os seis golos em seis remates realizados.

Para os ‘dragões’, é o fim da linha esta época, após terem sido quintos classificados do Grupo B, o que valeu a terceira época nos ‘oitavos’.

 

Montpellier 35-27 FC Porto

Ao intervalo: 19-11

FDI Stadium, em Montpellier

Árbitros: Mads Hansen e Jesper Madsen (Dinamarca)

Montpellier: Marin Sego, Charles Bolzinger e Kevin Bonnefoi (g.r.); Alexis Berthier (1), Diego Simonet (5), Kyllian Villeminot (6), Hugo Descat (7), Lucas Pellas (1), Benjamin Bataille, Marko Panic (3), Arthur Lenne (3), Valentin Porte (3), Yanis Lenne (4), Karl Wallinius (3), Gilberto Duarte (1) e Veron Nacinovic. Treinador: Patrice Canayer

FC Porto: Nikola Mitrevski e Sebastian Frandsen (g.r.); Pedro Valdés (1), Victor Iturriza (2), Pedro Cruz (3), Diogo Oliveira, Djibril M’Bengue (1), Rui Silva (1), Daymaro Salina (6), Ivan Sliskovic (2), Leonel Fernandes (2), Diogo Branquinho (2), António Areia, Miguel Alves (1), Jesus Hurtado e Fábio Magalhães (5). Treinador: Magnus Andersson

 

Donativos LusoJornal
X