Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Istres venceu o Dijon por 23-22 na sexta-feira 4 de maio e assegurou a subida à primeira divisão francesa de andebol, além do título de Campeão da ProLigue, quando ainda falta uma jornada para o fim do Campeonato.

A equipa do Sul da França, onde atua o Português Nuno Gonçalves, soma 38 pontos, mais três do que o Chartres, clube onde atuam quatro atletas lusos. No terceiro e no quarto lugares encontramos o Pontault-Combault e o Dijon, respectivamente com 31 e 30 pontos. De notar ainda que o Sélestat está no quinto lugar com 27 pontos. Recorde-se que do segundo ao quinto lugar vai haver um play-off cujo vencedor também vai subir à primeira divisão.

A temporada do Istres foi quase perfeita com apenas três derrotas. A curiosidade desta equipa é que nas duas primeiras jornadas perdeu duas vezes, frente ao Dijon e ao Caen, e na terceira jornada empatou a 28 golos frente ao Pontault-Combault.

A primeira vitória apenas aconteceu na quarta jornada frente ao Sélestat por 25-23. A partir daí foram 15 triunfos e 5 empates até à terceira derrota que ocorreu na semana passada, a 27 de abril, por 28-27 frente ao Besançon, último classificado (!)

A 16a vitória frente ao Dijon por 23-22 acabou por oferecer o título de Campeão da segunda divisão e a subida automática ao primeiro escalão do andebol francês.

Quanto ao atleta luso, Nuno Gonçalves, realizou 23 encontros e apontou 36 golos, naquela que é a segunda temporada com a camisola do Istres.

Na próxima temporada, além de Wilson Davyes no Dunkerque e de Welsau Bungué no Massy, teremos pelo menos um português a mais, Nuno Gonçalves no Istres.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
9.8
X