Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

António Moniz e Carlos Gonçalves receberam a Medalha de Ouro da cidade de Groslay

LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira

O Cônsul Geral de Portugal em Paris, António de Albuquerque Moniz, e o Deputado Carlos Gonçalves, eleito pelo círculo eleitoral da Europa no Parlamento português, foram ontem recebidos por Joël Boutier, Maire de Groslay (95), a convite da associação Mogadouro no Coração.

A associação Mogadouro no Coração organizou um concerto de fado com Tereza Carvalho na Igreja de Saint Martin, seguido de um jantar numa sala municipal daquela cidade a norte de Paris.

Olímpia Garnacho, Presidente da associação convidou para o concerto o Cônsul Geral de Portugal e o Deputado português para assistirem ao concerto de fado. «Esta é a primeira vez que há um concerto de Fado nesta igreja de Groslay e estamos muito contentes que o público tenha aderido».

Apesar da neve que caiu fortemente na cidade na tarde de sábado, o público aderiu ao concerto. «A D. Olímpia estava preocupada por não ter tido muitas reservas para este concerto e porque as condições climáticas se degradaram muito, mas como vê, a sala encheu e foi bonito» disse a fadista Tereza Carvalho que foi acompanhada por Lino Ribeiro e por Pompeu Gomes.

Aproveitando a presença de duas personalidades portuguesas na cidade, o Maire Joël Boutier deu uma receção do salão nobre da Mairie, para elogiar a relação de amizade entre Portugal e a França e entregou a Medalha de Ouro da cidade a António Moniz e a Carlos Gonçalves.

«O primeiro rei de Portugal era filho de um francês, o Duque de Bourgogne» disse Joël Boutier na sua intervenção, destacando que o Diretor Geral «da maior empresa francesa», a Peugeot, é um Português, Carlos Tavares.

Na sala estavam os dirigentes da associação Mogadouro no Coração, assim como o «núcleo duro» da coletividade, estavam os portugueses representantes dos pais de alunos das duas escolas de Groslay – que têm desde este ano dois novos cursos de língua portuguesa – e estavam também a Primeira Maire Adjointe, a Maire Adjointe com o pelouro do ensino e o Maire Adjoint com o pelouro da ação cultural e associativa.

António Moniz convidou o Maire e o Conselho municipal a visitar o Consulado Geral de Portugal em Paris e a mostrar a exposição de Dominique Stoenesco sobre o vale do rio Douro. Joël Boutier gostou da ideia de mostrar na cidade imagens do vale do Douro ilustradas com textos de Miguel Torga.

Carlos Gonçalves, que também é Presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Portugal-França, convidou os autarcas franceses a visitarem o Parlamento português, numa das visitas que façam a Portugal, ao encontro de Mogadouro, localidade com quem Groslay deve assinar proximamente um protocolo de geminação.

Olímpia Garnacho estava visivelmente contente com o evento e espera que a associação Mogadouro no Coração venha a beneficiar ainda mais dos apoios já importantes da cidade, até porque em Groslay, cerca de um terço da população é de origem portuguesa.

De notar que o Deputado francês deste círculo eleitoral é Dominique da Silva… que a associação deve convidar para um próximo evento.

 

 

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 8 Votos
6.2
X