Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Associação “Colombe da La paix” de Bron organizou a 1ª edição das Rusgas à moda do Minho

Associações

 

No sábado dia 6 de novembro, na sala de festas Albert Camus, em Bron (69), perto de Lyon, teve lugar a primeira edição de um serão de Rusgas à moda do Minho, um evento preparado de longa data pela Associação portuguesa Colombe de La Paix.

“As Rusgas consistem em dançarmos com o maior número de participantes, ao mando de um ‘dirigente’ que dá as diretivas gestualmente e por voz, para se dançar em círculo, uma vez à direita, outra vez à esquerda, ou lado a lado, em pares e bem sincronizados. Ele ‘grita o mando’, e os participantes obedecem, criando assim uma coreografia que pode durar mais de quinze minutos ao som das concertinas, bombos e violas” explica à sua maneira Vítor Santos, um dos participantes das rusgas desta noite, em Bron. “A ‘Cana Verde’ e o “Vira” são os temas mais utilizados nesta expressão de dança tipicamente minhota”, completa em declarações ao LusoJornal.

A associação tinha convidado as tocatas de doze grupos da região de Lyon e a sala acolheu centenas de aficionados deste tipo de manifestação folclórica. Vieram até de Grenoble, de Saint Etienne, de Jons, e de várias cidades da região do Grande Lyon. No final foi distribuído a cada grupo um “cabaz-lembrança” deste evento, contendo especialidades portuguesas, nomeadamente fumeiro.

O anúncio do evento criou muita espectativa. “Abrimos as portas um pouco mais cedo porque as pessoas chegaram mais cedo e estavam contentes em participar e animar estas Rusgas” confessou Paulo Silva, Presidente da coletividade. “Nós tínhamos tudo preparado para recebermos todos, pois já tínhamos previsto muita afluência. Servimos um jantar simples, de Bifanas com arroz, e sandes”.

A partir das 21h00 entrou em cena o “padrinho” do evento, Nelson Costa, com o seu grupo de tocadores de concertinas, vindos especialmente de Portugal para este evento. O grupo abriu o baile e depois, pela noite fora, cada grupo convidado participou musicalmente na animação deste serão que, como disse ao LusoJornal o Presidente Paulo Silva, “se prolongou noite dentro, até à madrugada de domingo”.

Para além do Presidente Paulo Silva, integram a Direção da associação “Colombe de La Paix” o Vice-Presidente Alberto Moreira, a Secretária Isolina Santos, o Vice-Secretário Francisco Moço, o Tesoureiro Fábio Almeida e o Vice-Tesoureiro Paulo de Macedo.

Nesta primeira edição das Rusgas da associação, estava também presente o Presidente fundador e agora Presidente honorário da coletividade, Manuel Pires.

As próximas atividades da associação já foram anunciadas, como por exemplo a Festa do S. Martinho, a Passagem de Ano… “e em projeto, para fevereiro do ano que vem, queremos organizar um serão de Fado, com vários fadistas que atuarão no decorrer de um jantar”, disse Isolina Santos, a Secretária da associação.

A Associação portuguesa Colombe de La Paix de Bron possui uma sede para acolher os associados no seu salão de convívio, mas também para ensaios do rancho folclórico e outras atividades. Aos fins de semana serve almoços e jantares de confraternização.

 

Donativos LusoJornal
X