Associação Cultura Portuguesa comemora 50 anos de atividade em Aulnay-sous-Bois

Associações

 

A Associação Cultura Portuguesa de Aulnay-sous-Bois (93) e o seu rancho etnográfico Rosa dos Ventos festejam 50 anos em 2023 e as comemorações vão durar todo o ano, começando com um concerto de Tony Carreira, na quinta-feira, dia 16 de fevereiro, com sala quase esgotada.

“No ano passado disse a Tony Carreira que teríamos um ano especial para a nossa associação, com as comemorações dos 50 anos. Fiz-lhe o convite para vir cantar e ele aceitou logo” disse ao LusoJornal o Presidente Paulo Marques. “A vinda de Tony Carreira vem prestar homenagem ao trabalho desenvolvido durante todos estes anos e os espetáculos com artistas portugueses produzidos pela associação na sala Pierre Scohy”.

Para Paulo Marques, “ao aceitar o nosso convite, Tony Carreira vem valorizar o trabalho de inúmeros voluntários da nossa associação, enaltecendo o papel que a associação teve durante cinco décadas. Não podíamos esperar melhor para o nosso aniversário”, diz o também autarca da cidade de Aulnay-sous-Bois desde 1995.

O artista não tinha previsto uma digressão a França, mas com este convite, estará em Aulnay-sous-Bois e em Dammarie-les-Lys.

“A associação teve iniciativas essenciais para a Comunidade portuguesa e até veio alterar o futuro da presença dos Portugueses residentes em França” diz ao LusoJornal António Pereira Marques, pai de Paulo Marques e fundador da associação. “Por exemplo, a associação esteve na iniciativa do Livrete de família para os Portugueses residentes em França – Livrete que somente existe em França -, foi com a associação que foram oficializados os cursos de Portugueses em França nos anos 70, os primeiros concertos associativos foram organizados no final dos anos 70, no gymnase Ambourget de Aulnay”.

O primeiro concerto que a associação programou foi o de Maria Albertina e o conjunto Pai & Filhos, vindos de Portugal. Depois, na sala Scohy, a associação recebeu Amália Rodrigues, José Cid, Tony de Matos, Carlos do Carmo, Jorge Ferreira, Marco Paulo, Roberto Leal… entre outros.

Na Associação Cultura Portuguesa de Aulnay-sous-Bois foi criado, em 1973, um dos primeiros grupos de folclore portugueses em França, o Rosa dos Ventos, e também foi nesta associação que foi criado o primeiro grupo de “danças modernas”, os RDV Boys, nos anos 90.

António Marques destaca ainda “a presença nos diferentes Conselhos das Comunidades Portuguesas, a mobilização democrática e a participação cívica que permitiu uma maior implicação da Comunidade nos municípios de residência e muito recentemente as iniciativas contra o iletrismo numérico” diz o também ex-Chanceler do Consulado-Geral de Portugal em Paris, agora reformado.

A Associação Cultura Portuguesa de Aulnay-sous-Bois soube, durante estes 50 anos, “adaptar-se a cada desafio do reagrupamento familiar nos anos 70, passando pelo acesso à cultura e à língua e atualmente com as ações contra o iletrismo numérico e o afastamento das primeiras gerações das novas tecnologias” completou Paulo Marques. “O envolvimento local permitiu que o município de Aulnay disponibilizasse locais desde o ano de 1978 e atualmente a sede da coletividade acolhe diversas atividades durante o ano”.

As comemorações dos 50 anos começam com este concerto de Tony Carreira e continuarão durante o ano, nomeadamente com a 25ª Festa das Tradições Populares, na Ferme du Vieux Pays, no domingo 25 de junho. Outros eventos culturais vão ter lugar até a fim do ano.

 

Donativos LusoJornal