Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Associação Portuguesa de Aubergenville ardeu e lança campanha de angariação de fundos

Donativos LusoJornal

A Associação Cultural e Recreativa dos Portugueses de Aubergenville (78) ardeu na semana passada e perdeu tudo o que tinha na sua sede social. Lança agora uma campanha de angariação de fundos para fazer renascer a coletividade.

O incêndio teve lugar na sexta-feira da semana passada e devastou 45 anos de história da associação, já que a mesma foi fundada a 23 de abril de 1975. O Presidente atual, Pedro Machado, foi eleito em 1992.

A sede da associação era atualmente um pré-fabricado situado no ângulo da avenue de la Division Leclerc e do Chemin de Vaux-les-Huguenots, em locais da autarquia, onde estão aliás outros pré-fabricados com as sedes das associações Secours Catholique e Club de Râguebi. Nenhum dos dois outros pré-fabricados ficou danificado, apenas a sede da associação portuguesa começou a arder por volta das 11h00, do dia 15 de janeiro, quando não estava ninguém no interior. Mesmo se os Bombeiros chegaram rapidamente ao local, só uma hora e meia depois o incêndio estava apagado, destruindo completamente a sede da associação.

Para além do grupo folclórico Saudades da Nossa Terra, a coletividade tem também uma equipa de futebol. Por isso, na sede da associação, estavam todos os pertences da coletividade.

Logo no dia do incêndio, o Maire de Aubergenville, Gilles Lécole, deixou uma mensagem de apreço ao Presidente Pedro Machado “e a todos os aderentes e amigos da associação”.

Segundo o Presidente da coletividade, a perda do material tem um importante impacto financeiro para a associação que vai ter de voltar a comprar trajos, instrumentos, equipamentos de futebol, louça, mobiliário… “a lista é infelizmente grande” diz.

É por esta razão que a associação lançou um apelo a donativos para angariar os fundos necessários para fazer renascer “das cinzas” esta associação histórica.

 

AJUDE A ASSOCIAÇÃO AQUI

 

Associações
X