Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Desporto

 

O Benfica, detentor do troféu, conquistou ontem a primeira vitória na Youth League de futebol, ao impor-se por 3-2 ao Paris Saint Germain, na quarta jornada do Grupo H da prova que replica o modelo da Liga dos Campeões.

A equipa lisboeta, que na época passada conquistou o título ao golear por 6-0 o Salzburgo, na final, até esteve a perder em Saint-Germain-en-Laye, mas chegou ao intervalo a vencer por 3-1 e conseguiu segurar um triunfo que a mantém na corrida pelo apuramento.

O Benfica subiu ao terceiro lugar do grupo, com quatro pontos, menos três do que a Juventus, que ontem ganhou por 3-1 no estádio do Maccabi Haifa, último classificado, a um de distância dos ‘encarnados’, enquanto o PSG manteve-se no comando, com nove.

O PSG entrou praticamente a ganhar, na sequência do golo marcado por Housni aos três minutos, a concluir uma rápida jogada de contra-ataque, mas o Benfica virou o resultado ainda antes do intervalo, com Luís Semedo em destaque.

O avançado restabeleceu a igualdade aos 14 minutos, com um colocado desvio de cabeça, após assistência de Diego Moreira, que consumou a reviravolta aos 39, na recarga a um remate inicial defendido a custo pelo guarda-redes Mouquet.

Luís Semedo bisou já no período de compensação da primeira parte, aos 45+1 minutos, na marcação de uma grande penalidade, a castigar uma falta cometida por Lamy na área parisiense sobre Hugo Félix.

O Benfica controlou o jogo durante a segunda parte, mas os anfitriões ainda conseguiram reduzir, aos 86 minutos, de novo por intermédio de Housni, que concretizou o sexto tento na prova e igualou o espanhol Victor Barberá (FC Barcelona) no topo da lista de melhores marcadores.

 

Donativos LusoJornal
X