Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Seleção portuguesa de enduro conquistou em quarto lugar no ‘International Six Days Enduro’, realizando “a melhor prestação de sempre” de uma equipa nacional na prova, que cumpriu a 92ᵃ edição em Brive-la Gaillarde, em França.

Para o quarto lugar na principal categoria da competição – ‘World Trophy’ -, obtido logo no segundo dia da competição, contribuiu um tempo de 25.44,60 minutos atrás do vencedor, a França, que fechou com 12:59.38,23 horas, indica a Federação Portuguesa de Motociclismo (FPM), em comunicado.

Em segundo lugar na prova, que reuniu cerca de 800 pilotos, oriundos de 31 países, terminou a Austrália, a uma distância de 06.14,03 da França, seguida da Finlândia, a 09.12,11.

Individualmente, Luís Oliveira foi o melhor piloto luso, fechando no 29° lugar da geral, com Diogo Ventura em 33° e João Vivas em 47°.

O vencedor foi o francês Loic Larrieu, com 03:11.45,68 horas, seguido do espanhol Josep Garcia, a apenas 38,31 segundos, e do norte-americano Taylor Robert, a 01.19,96.

Em femininos, a Seleção nacional terminou no sétimo posto, com a Austrália a vencer na categoria, com 07:08.04,01 horas.

Rita Vieira, em 16°, foi a melhor portuguesa em prova, seguida de Bruna Antunes (18ᵃ) e de Flávia Rolo (20ᵃ). A espanhola Laia Sainz vence em femininos, com 03:19.33,18 horas.

Na categoria ‘Junior Trophy’, Portugal terminou na 13ᵃ posição, a 13:05.05,85 do vencedor, a França.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
10.0
X