Carlos Balbino: Mas afinal quem manda no Cante em Cuba?

Donativos LusoJornal

 

Carlos Balbino é o Diretor da Companhia de teatro Rêves Lucides e também é o fundador do Rancho de Cantadores de Paris, mas acaba de concluir, na segunda-feira desta semana, um mestrado em etnomusicologia intitulado “Qui commande le Cante à Cuba”.

O “Mémoire” analisa os “jogos de autoridade e de legitimidade” no Cante espontâneo na vila rural alentejana de Cuba.

Entre os dias 12 de março e 4 de setembro, em plena pandemia, Carlos Balbino instalou-se em Cuba para um trabalho de terreno que o levou às tabernas da vila onde se canta ainda o Cante espontâneo.

Nesta entrevista ao LusoJornal, Carlos Balbino resume o trabalho que apresentou na Universidade de Paris Nanterre.

 

Cultura