Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Comunidade portuguesa de Jassans-Riottier celebra o S. Martinho

A Association Culturelle et Sportive Portugais de Jassans-Riottier (01), nos arredores de Lyon, celebrou o S. Martinho no passado sábado, dia 10 de novembro, no jardim da Mairie de Jassans.

As festividades iniciaram-se pelas 17h00, tendo os presentes apreciado a boa castanha assada e posteriormente, a sardinha assada com broa e o caldo verde.

Delfim Fernandes, o Presidente desta Associação, mostrava a sua satisfação pela participação da Comunidade portuguesa desta localidade para quem foi organizada esta celebração, bem como pela presença de uma delegação da Mairie de Jassans-Riottier, encabeçada por Christian Andréo que realçou a importância que a Comunidade tem nesta localidade.

A festa decorreu ao ar livre, com o vento a fazer-se sentir durante todo o dia, mas sem a presença de chuva, o que proporcionou um ambiente muito agradável a todos os visitantes portugueses e franceses.

A celebração de S. Martinho é uma tradição portuguesa muito antiga. Conta a lenda que num dia frio de outono do ano da graça de 337, um cavaleiro francês chamado Martinho encontrou na rua durante uma tempestade, um homem que lhe mendigou uma esmola. Martinho rasgou o manto que trazia às costas e deu ao mendigo.

Foi então que se deu o milagre. A tempestade e as nuvens desapareceram, destapando o sol e deixando passar os raios quentes que transformaram aquele dia. A fim de comemorar esta efeméride, saborearam castanhas e vinho.

Este cavaleiro acabou por se transformar num monge católico para espalhar a fé cristã na Europa e ajudar os mais desfavorecidos.

Atualmente, celebra-se o dia 11 de novembro, data em que Martinho foi sepultado em Tours, França.

O Presidente da ACSP de Jassans-Riottier agradeceu ainda a forma cordial como decorreram as festividades, o empenho e apoio de todos os voluntários sem os quais não teria sido possível organizar este evento, e a presença dos ilustres convidados com destaque para o Conselheiro das Comunidades portuguesas, Manuel Cardia Lima e o representante do Banco Santander Totta em Lyon, António Rabeca.

Deu ainda nota Delfim Fernandes que o seu mandato terminará em breve, pelo que ocorrerão eleições no início de 2019, onde espera igualmente que os cerca de 350 associados marquem a sua presença com boas ideias para desenvolver e fazer crescer esta associação.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
9.5
X