Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A cantora brasileira Mart’nália dará um concerto no New Monring em Paris, no sábado, dia 6 de julho, a partir das 20h30. O repertório do concerto será constituído pelas canções do célebre compositor brasileiro Vinicius de Moraes.

Mart’nália nasceu no samba pois é filha da cantora Anália Mendonça e do grande Martinho da Vila, o compositor designado de Vila Isabel, cantor e estrela do pagode. Os protetores Caetano Veloso, Maria Bethânia e Ivan Lins, inclinaram-se sobre o seu berço e sussurraram: “Você também será um sambista”, e um belo dia começou a cantar.

Mart’nália oferece uma Bossa Nova de veludo, um jazz cool que reúne o samba e sonoridades mais europeias. Tem um apurado sentido de ritmo e é especialista da percussão de mãos.

Passou grande parte da sua vida na escola de samba Vila Isabel, no Rio de Janeiro. Cresceu, aprendendo a “sambar”, a dançar, a entender a mensagem musical da tradição brasileira, a sentir a vida através da arte inculcada, com uma guitarra e um pandeiro na mão. Tudo começou na Unidos da Vila Isabel com o pai Martinho da Vila, cantor, compositor e escritor. Mart’nália, é filha de um homem militante e ativista, e entende a transição geracional que ocorre dentro da sua própria terra. Mart’nália explicou ter descoberto uma nova tendência entre os jovens do seu bairro perto de Ipanema e Copacabana.

O samba, segundo ela, nunca foi linear entre os jovens da região, mas de repente voltou a renascer desde há alguns anos, junto de artistas que vivem a transição humana através da música.

A artista de 52 anos nunca se afastou da sua missão: dominar o mundo exterior através do seu talento e da sua alma.

Mart’nália já ganhou o prémio Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba em 2017.

O grupo que se vai apresentar no New Morning é constituído por Mart’nália (guitarra, percussão, voz), Flávio Santos (bateria), Macaco Branco (percussão), Humberto Mirabelli (guitarra), Rodrigo Villa (baixo), Jorjão Barreto (teclados).

A primeira parte do concerto será assegurado por “Parioka Roda de Samba”, que é constituída sobretudo por elementos femininos e foi fundada em Paris por vários músicos brasileiros.

Liderado por Karina Paim, esse projeto artístico também se tornou num encontro regular que rapidamente agregou os amantes da música brasileira na capital francesa.

Este projeto nasceu no New Morning durante uma festa com bilhetes esgotados. É um regresso à casa-mãe e uma grande comemoração para as mulheres do samba.

O New Morning é uma das salas de Jazz de maior renome internacional, inaugurada a 16 de abril de 1981, já viu passar pelo seu palco nomes como Dizzi Gillespie, Art Blakey, Miles Davis, Chet Baker, Gil Scott Heron ou Prince.

 

www.newmorning.com

New Morning

7/9 rue des Petites Ecuries

75010 Paris

Métro Bonne Nouvelle ou Château d’eau

LusoJornal Artigos

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
7.0
X