Concerto “La Voix Spirituelle” com a sopranista Alexandra Bernardo em Strasbourg

Cultura

 

Por ocasião das festividades natalícias, o Consulado-Geral de Portugal em Strasbourg e a Missão Permanente de Portugal junto do Conselho da Europa, convidam para um concerto com a sopranista Alexandra Bernardo, acompanhada ao piano por Fernando Loura.

O concerto está marcado para sábado, dia 17 de dezembro, às 20h00, no espaço NooToos, 6 place Saint-Pierre-le-Vieux, em Strasbourg.

Alexandra Bernardo terminou o curso de Canto com classificação máxima na EMNSC, na classe de Joana Levy. Fez a sua especialização em Ópera e Lied com Elena Dumitrescu Nentwig e trabalha atualmente com Elisabete Matos. Em masterclasse, trabalhou com Montserrat Caballé, Jill Feldman, Nico Castel, Ricardo Estrada, Fred Carama, Pamela Armstrong e João Paulo Santos, entre outros.

Tem-se apresentado frequentemente em Ópera, Concerto e Recital em Portugal e pela Europa. Os seus papéis incluem Donna Anna (Don Giovanni, W. A. Mozart), Fiordiligi (Così fan tutte, W. A. Mozart), Vitellia (La clemenza di Tito, W. A. Mozart), Pamina (Die Zauberflöte, W. A. Mozart), Dido (Dido and Aeneas, H. Purcell), Cunegonde (Candide, L. Bernstein), Maria (West Side Story, L. Bernstein) e Violetta (La Traviata, G. Verdi). Em 2014 foi Eurídice em Orfeu e Eurídice de Gluck, bailado de Olga Roriz para a Companhia Nacional de Bailado, com a orquestra Divino Sospiro.

Alexandra Bernardo conquistou o 1º Prémio e o Prémio do Público no 8º Concurso de Canto Lírico da Fundação Rotária Portuguesa, o 2º Prémio e o Prémio do Público no 15º Concurso de Interpretação do Estoril e o 3º Prémio no 1st Barcelona Music Festival Competition, entre outros.

Das suas apresentações em Oratória e Cantata, destacam-se Magnificat em Talha Dourada de E. Carrapatoso, Gloria de Vivaldi, Requiem de Duruflé, Ein deutsches Requiem de Brahms, Requiem de Fauré, Requiem de Mozart e O holder Tag, erwünschte Zeit de Bach.

Agenciada pela Bundesagentur für Arbeit, dos seus compromissos futuros destacam-se a 4ª Sinfonia de Mahler, soprano solo, com a Orquestra Metropolitana de Lisboa, o Requiem de Mozart, soprano solo, com a Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, e o Credo de Henri Seroka, soprano solo, no Festival de Música Religiosa de Guimarães.

 

Donativos LusoJornal