Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Teve lugar no domingo, dia 18 de março, nos locais da associação Amicale Culturelle Franco-Portugaise Intercommunale de Viroflay (78), uma Conferência sobre Portugal, Património da Humanidade, animada por José de Paiva, Cônsul Honorário de Portugal em Orléans.

A intervenção decorreu no âmbito da realização de uma Semana Cultural promovida pela Associação, que se estende até ao dia 25 de março, e que, neste contexto, propõe também uma exposição com diversos painéis temáticos disponibilizados pelo Instituto Camões.

Na sua intervenção, José de Paiva começou por fazer o elogio do que constitui a riqueza do Património de Portugal num sentido lato, patrimónios históricos arquitetónicos e naturais, os saberes, os modos de fazer, as celebrações, as expressões que possuem valor simbólico, histórico, cultural, ambiental e afetivo para a coletividade, músicas, costumes e outras tradições, após o que distinguiu cronologicamente os 22 bens portugueses inscritos na lista do Património Mundial da Humanidade, tal como são definidos na Convenção da Unesco, visando a identificação, proteção, conservação, valorização e transmissão às gerações futuras do património natural e cultural de Valor Universal excecional.

A Semana Cultural foi inaugurada na véspera por Helena Neves, Presidente da Associação, acompanhada por vários membros dirigentes, entre eles Manuel Rocha vice-Presidente e Parcídio Peixoto, membro e animador, responsável pela execução do programa da Semana Cultural, na presença de Olivier Lebrun, Maire de Viroflay, acompanhado por Louis Le Pivain, Maire-Adjoint e Daniel Der, Conselheiro municipal. Presentes também o Cônsul Honorário José de Paiva, Daniel Bastos e Altina Ribeiro, escritores com vários livros editados sobre a emigração portuguesa.

O grupo musical Raízes e Tradições, constituído por membros da Amicale de Viroflay, executou vários temas de música tradicional portuguesa, alguns da sua própria autoria, após o que se seguiu um agradável bufete inaugural.

No programa da semana cultural está prevista na quarta-feira, dia 21, à noite, a realização de uma Mesa Redonda sobre o futuro da Língua Portuguesa em França, orientada por Adelaide Cristóvão, Coordenadora do Ensino de Português em França e, de tarde, uma visita dos alunos dos cursos de português à exposição sobre o Património da Humanidade, acompanhados pelo professor Amadeu Nazaré.

No sábado, dia 24, está prevista uma Conferência sobre a presença do Corpo Expedicionário Português (CEP) em França, com a presença de George Viaud, Historiador e Presidente da Delegação de Paris da Liga dos Combatentes e, no domingo dia 25, a projeção do filme «Retrato da Comunidade», seguido de um debate sobre a participação da Comunidade na vida Cívica, Social, Associativa e suas consequências, que tem como convidado Carlos Pereira, Diretor do LusoJornal.

A Amicale Culturelle Franco-Portugaise foi criada há mais de 40 anos e inaugurada oficialmente em outubro de 1997.

 

Na foto: Parcidio Peixoto, José de Paiva, Helena Neves, Manuel Rocha, S. Neves

 

 

 

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 8 Votos
7.3
X