Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Na próxima segunda-feira, dia 11 de maio, o Consulado Geral de Portugal em Paris vai retomar o atendimento ao público, no seguimento do plano de desconfinamento progressivo decretado em França.

Mas o atendimento ao público vai estar condicionado apenas a utentes com marcação prévia e portadores de máscara obrigatória. Quem não tiver máscara não entra no Consulado.

“Nós temos de seguir as regras impostas pelas autoridades francesas” explica ao LusoJornal o Cônsul Geral Carlos Oliveira. “Tem de haver distanciamento social, não podemos ultrapassar um dado número de pessoas por metro quadrado e é importante garantir que não há ajuntamentos de mais de 10 pessoas à porta do Consulado Geral, sob pena de termos que suspender a atividade”.

A partir desta sexta-feira, dia 8 de maio, o serviço de marcações do Consulado volta a estar em funcionamento. “As marcações que já estavam agendadas a partir de segunda-feira mantêm-se e os utentes podem vir no dia e à hora marcada” explica Carlos Oliveira.

 

Período de atendimento alargado

Mas durante os dois meses em que o Consulado esteve fechado, estima-se que cerca de 7.000 marcações tiveram de ser anuladas. O Cônsul Geral quer agora recuperar este atraso. “Decidimos alargar os horários de atendimento para podermos atender mais pessoas por dia” explica ao LusoJornal. As marcações preveem períodos mais alargados de atendimento, das 8h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00, todos os dias úteis. “Temos mais três horas de atendimento por dia”.

Quem não tiver marcação, não vale a pena ir ao Consulado de Portugal porque não será atendido.

“Sabemos que a situação é excecional, mas pedimos às pessoas que não tenham assuntos importantes a tratar no Consulado, para não virem neste momento, podem vir mais tarde” diz Carlos Oliveira. Com efeito, os Cartões de cidadão que caducaram por estes meses têm prazo prolongado até fim de junho e como as viagens para fora do Espaço Shengen estão canceladas, também não há urgência em renovar passaportes.

“O importante é que as pessoas só venham ao Consulado se tiverem mesmo documentos urgentes a tratar, para podermos assegurar o bom funcionamento dos serviços”. O Cônsul Geral pede também para os utentes não irem acompanhados “salvo menores ou pessoas que necessitem de assistência” e para comparecerem apenas 10 minutos antes da marcação.

Para além do Consulado Geral de Portugal em Paris, vão reabrir também na segunda-feira, os Consulados Honorários de Orléans e de Tours, assim como o Escritório consular de Nantes, todos dependentes de Paris. “Apenas vai continuar encerrado a Presença consular de Lille, porque a Mairie de Lille ainda não permite a abertura do espaço” explica Carlos Oliveira. A Permanência consular portuguesa em Lille, dependente do Consulado Geral de Paris, funciona na Maison des Consuls, um espaço onde estão a funcionar vários outros postos consulares de outros países. Para este caso, não se conhece ainda a data de abertura.

 

Entrega de Cartões de Cidadão também por marcação

A entrega de Cartões de cidadão também sofre de algumas alterações significativas. Até aqui a entrega fazia-se sem marcação, mas agora “só entregaremos o Cartão do cidadão mediante agendamento prévio”.

“O pedido de marcação deverá ser feito através de email para entrega.cgparis@mne.pt ou deixando os dados na caixa de correio do Consulado Geral, para posterior contacto para agendar a entrega do documento.

 

Férias de verão em Portugal

O Cônsul Geral Carlos Oliveira diz que uma grande parte dos telefonemas e mails que chegam ao Consulado é para perguntar se podem ir de férias este verão a Portugal.

Nós não podemos responder a essa pergunta, porque não sabemos como vai evoluir a situação” explica Carlos Oliveira. “Por isso pedimos às pessoas que não enviem mails com essa pergunta. Isso faz-nos perder muito tempo a responder em vez de estarmos a atender utentes para recuperar atraso”.

 

http://www.consuladogeralportugal.org

Mail: cgparis@mne.pt

Telefone: 01.56.33.81.00

 

Comunidade
X