Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Um veleiro de bandeira francesa, com um tripulante a bordo, não foi ontem autorizado a atracar e desembarcar em Viana do Castelo, devido à situação epidemiológica provocada pelo novo coronavírus, informou a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

Em comunicado, a AMN explicou que a interceção do veleiro, por elementos do comando da Polícia Marítima (PM) de Viana do Castelo, ocorreu ontem, às 12h15. “Obtida informação sobre os locais onde aportou e navegou, e tendo sido consultada a autoridade de saúde local, não foi autorizado o desembarque, tendo o veleiro atracado exclusivamente para abastecer de água e combustível. Concluídas estas operações, o veleiro seguirá viagem”, refere a nota.

A ação da PM decorre do controlo de pessoas nas fronteiras portuguesas, no âmbito da situação epidemiológica provocada pelo coronavírus.

 

Comunidade
X