Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Comunidade

 

Um grupo de 17 Deputados do PSD questionou o Ministro da Cultura sobre a ausência da transmissão de jogos da I Liga de futebol portuguesa nos canais internacionais da RTP.

Numa pergunta dirigida ao Ministro com a tutela da RTP, os sociais-democratas lamentam que, contrariamente ao que aconteceu nos anos anteriores, em que um jogo por jornada de um dos três grandes era transmitido na RTP Internacional, as Comunidades portuguesas estejam impedidas de ter acesso ao futebol português pela RTP Internacional.

“A I Liga de Futebol 2022/23 teve início no passado dia 5 de agosto, sem que até hoje tenha sido transmitido um jogo nos canais internacionais da RTP, contrariamente ao que aconteceu nos anos anteriores com base num acordo tradicional que consistia na transmissão de um jogo por jornada de um dos três grandes na RTP Internacional” diz a pergunta enviada ao Ministro.

“Segundo fonte oficial da estação pública de Rádio e Televisão, está a decorrer um processo negocial entre a RTP e a Sport TV para a transmissão de um jogo da I Liga de futebol de 2022/23 nos canais internacionais. O facto de ainda não existir acordo entre a RTP e a Sport TV para a transmissão de jogos do Campeonato faz com que, pela primeira vez em muitos anos, as Comunidades portuguesas não consigam ver futebol português pela RTP Internacional. Em dezembro de 2021, a RTP e a FPF assinaram um acordo para transmissão dos jogos da Taça de Portugal e da Supertaçanas épocas 2022/23 e 2023/24. O canal público de televisão irá transmitir os encontros a partir da 3ª eliminatória até à grande final da Prova Rainha do futebol português”.

Os Deputados do PSD lembram que, na altura, o Presidente da RTP, Nicolau Santos, referiu que “A RTP congratula-se por retomar esta parceria com a Federação Portuguesa de Futebol e levar assim a milhares de Portugueses a festa da Taça de Portugal, o evento desportivo mais abrangente e democrático do futebol nacional”. E que “somos a televisão que transmite os eventos das nossas Seleções em todas as modalidades porque isso é seguramente parte da nossa missão de serviço público”.

É neste quadro que o Grupo Parlamentar do PSD decidiu dirigir uma série de perguntas ao Governo, através do Ministro da Cultura. Os Deputados querem saber “se porventura se garantiram as transmissões da Taça de Portugal e da Supertaça de acordo com o protocolo celebrado com a FPF por que razão ou razões, não se assegurou como habitualmente, a transmissão de um jogo da I Liga a partir do dia 5 de agosto, data em que começou esta prova?” e também “Serão razões financeiras ou será que, pelo facto de ter assegurado a transmissão de jogos da Taça de Portugal e da Supertaça, a RTP prescindiu de transmitir um jogo por jornada na RTP Internacional, que as Comunidades portuguesas tanto apreciem e valorizam?”

No total, os Deputados apresentaram ainda mais quatro perguntas ao Ministro da Cultura. “Existindo razões financeiras que exigem um maior esforço orçamental da RTP na negociação com vista à obtenção dos direitos de transmissão, a RTP acautelou e planeou com tempo suficiente a negociação com o canal Sport TV para não chegássemos ao início da prova ainda sem a existência de acordo que impossibilita a transmissão de 1 jogo por jornada?”. “O corte na contratação por parte da RTP dos direitos de transmissão do referido jogo por jornada da I Liga, que lesa uma Comunidade significativa de Portugueses espalhos pelo mundo, está em linha com os cortes orçamentais na restante linha de programação? Qual a razão deste corte?”

Os Deputados perguntam ainda se “O Governo supervisionou o Conselho Geral Independente, e este por conseguinte supervisionou a Administração da RTP, na garantia da prestação de serviço público através da transmissão destes jogos à Comunidade portuguesa na diáspora?” e “Será que ainda existe a possibilidade de essas transmissões ocorrerem na presente época?”

 

Assinaram este documento os Deputados do PSD:

Alexandre Poço

Carla Madureira

Fernanda Velez

Paulo Rios de Oliveira

Luís Gomes

Cláudia Bento

Guilherme Almeida

Gustavo Duarte

Inês Barroso

Maria Emília Apolinário

Cristiana Ferreira

Firmino Marques

Hugo Maravilha

João Marques

João Montenegro

Pedro Melo Lopes

Rui Vilar

 

Donativos LusoJornal
X