Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

70: Data provável para a destruição do Templo de Jerusalém, de acordo com a tradição rabínica. Início da Diáspora.

1382: Tratado de paz entre os reis Fernando de Portugal e João de Castela.

1415: A armada portuguesa, comandada por D. João I, atravessa o estreito de Gibraltar, atingindo águas de Ceuta.

1511: Afonso de Albuquerque conquista Malaca.

1519: O imperador Carlos V, detentor da Coroa de Espanha, autoriza a viagem de circum-navegação do navegador português Fernão de Magalhães.

1648: A batalha de Lens-Artois põe fim à Guerra dos 30 Anos, que opôs católicos e protestantes, em toda a Europa.

1792: Revolução Francesa. O povo de Paris invade as Tuilleries.

1793: Revolução Francesa. É aberto ao público, em Paris, o Musée de la Republique.

1912: Nasce o escritor brasileiro Jorge Amado, autor de “Gabriela Cravo e Canela”, “Dona Flor e seus Dois Maridos”.

1923: A atriz portuguesa Beatriz Costa estreia-se na revista “Chá e Torradas”, no teatro Éden, em Lisboa.

1952: Entra em funcionamento a Alta Autoridade da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço, presidida por Jean Monnet, a primeira Assembleia europeia dotada de poderes supranacionais.

1978: O grupo francês Peugeot-Citroen adquire o norte-americano Chrysler.

2020: Morre, aos 66 anos, Waldemar Bastos, músico e compositor angolano, galardoado com o prémio de New Artist of the Year nos World Music Awards em 1999 e o Prémio Nacional de Cultura e Artes, a mais importante distinção do Estado angolano nesta área.

 

Este é o ducentésimo vigésimo segundo dia do ano. Faltam 143 dias para o termo de 2022.

Pensamento do dia: “Odeio a realidade. Mas é o único sítio que conheço onde se pode comer um bom bife.” Woody Allen (1935), cineasta norte-americano.

 

X