Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

1666: Morre, com 57 anos, o escritor português D. Francisco Manuel de Melo, autor das “Obras Métricas”.

1822: D. Pedro é aclamado imperador do Brasil.

1917: Relato da sexta e última aparição de Fátima e do chamado Milagre do Sol, pelos três pastores e pessoas mobilizadas nos seis meses anteriores.

1921: Realiza-se a primeira missa campal em Fátima.

1921: Nasce Yves Montand, ator e cantor francês de origem italiana.

1923: Ancara passa a capital da Turquia.

1925: Nasce Margaret Thatcher, líder do Partido Conservador e primeira-ministra do Reino Unido, de maio de 1979 a novembro de 1990.

1942: Nasce o músico norte-americano Paul Simon.

1961: Em carta aberta ao Governo de Oliveira Salazar, o líder do PAICV, Amílcar Cabral, pede uma solução pacífica para a autodeterminação dos povos da Guiné e Cabo Verde.

1973: O futebolista Eusébio faz o seu último jogo pela seleção portuguesa.

2016: O antigo Primeiro-Ministro português António Guterres é aclamado como novo secretário-geral das Nações Unidas, numa sessão da Assembleia-Geral da ONU que ratificou a escolha feita pelo Conselho de Segurança em 05 de outubro.

2016: O prémio Nobel da Literatura é atribuído a Bob Dylan, por ter criado novas formas de expressão poéticas no quadro da grande tradição da música americana.

2016: Morre, aos 90 anos, Dario Fo, escritor italiano Prémio Nobel da Literatura em 1997.

 

Este é o ducentésimo octogésimo sexto dia do ano. Faltam 79 dias para o termo de 2022.

Pensamento do dia: “A ignorância tem isso de bom, desfaz-se aprendendo. A falsa instrução tem esta perfídia: não dá ensino e inibe de o tomar”. Ramalho Ortigão (1836-1915), escritor português.

X