Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

1572: Data provável do nascimento do escritor, poeta e clérigo inglês John Donne.

1822: A Assembleia Constituinte aprova a primeira Constituição portuguesa, saída da Revolução Liberal de 1820. Será jurada por D. João VI a 01 de outubro.

1846: Descoberta de Neptuno pelo astrónomo francês Urbain Jean Joseph Le Verrier e pelo astrónomo britânico John Couch Adams.

1848: Começa a produção da pastilha elástica, nos EUA, com fins comerciais.

1913: Roland Garros, piloto francês, efetua a primeira travessia aérea do Mediterrâneo.

1919: Fundação do clube desportivo Os Belenenses, em Lisboa.

1939: Morre Sigmund Freud, o fundador da Psicanálise. Tinha 83 anos.

1941: II Guerra Mundial. Holocausto. Começam as execuções com gás no campo de extermínio de Auschwitz, na Polónia ocupada pelas forças nazis.

1973: Morre, aos 69 anos, o poeta chileno Pablo Neruda, ex-diplomata e Prémio Nobel da Literatura em 1971.

1988: A atleta portuguesa Rosa Mota, campeã mundial da maratona, conquista a Medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos de Seul.

1992: É concluído O Centro Cultural de Belém, em Lisboa, originalmente para acolher a sede da Presidência portuguesa da Comunidade Europeia e posteriormente para desenvolver atividade cultural.

2007: Morre, com 84 anos, o mímico francês Marcel Marceau, conhecido em particular pelo seu personagem Bip, inspirado em Charlie Chaplin.

2011: Cantora cabo-verdiana Cesária Évora anuncia o fim da sua carreira.

2013: Morre, com 88 anos, António Ramos Rosa, poeta Prémio Pessoa 1988, considerada uma das maiores figuras da poesia portuguesa do século XX.

2020: Morre, aios 93 anos, Juliette Gréco, cantora e ícone da canção francesa que cantou Léo Ferré, Jacques Prévert e Serge Gainsbourg, entre outros.

 

Este é o ducentésimo sexagésimo sexto dia do ano. Faltam 100 dias para o termo de 2021.

Pensamento do dia: “A morte de qualquer homem diminui-me, porque sou parte do género humano. Por isso não perguntes por quem os sinos dobram. Eles dobram por ti”. John Donne (1572-1631), poeta e escritor inglês.

 

X