Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Sábado, dia 1 de dezembro, às 16h00, terá lugar na Casa de Portugal André de Gouveia, na Cidade Internacional Universitária de Paris, um concerto do dueto Doppio Ensemble.

Criado em 2002, o projeto da violinista Evandra de Brito Gonçalves e da pianista Ana Queirós, Doppio Ensemble, tem-se apresentado em salas e festivais por todo o país (Festival de Música de Coimbra, Festival Internacional de Música do Palácio da Bolsa, Festival Internacional de Ópera e Música Clássica de Ponte de Lima, Museu Calouste Gulbenkian, entre outros) com um vasto repertório, que abrange obras desde o Barroco até aos nossos dias, dedicando especial atenção ao reportório português.

 

Evandra de Brito Gonçalves foi vencedora de vários concursos de violino e de música de câmara (Juventude Musical Portuguesa, Prémio Jovens Músicos, Prémio Maestro Silva Pereira, NU Concerto Competition – Chicago, USC Concerto Competition – Los Angeles, Concurso Helena Sá e Costa). Estudou em Portugal com Alberto Gaio Lima e Zofia Woycicka.

Com apenas 17 anos, e com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e do Ministério da Cultura, rumou aos EUA para prosseguir estudos com Gerardo Ribeiro na Northwestern University, onde concluiu Master of Music e o Certificate in Violin Performance. Durante este período foi assistente do referido violinista e pedagogo na universidade. Posteriormente ingressou na University of Southern California, em Los Angeles, como aluna do prestigiado professor Robert Lipsett, concluindo o Advanced Studies Degree.

É mestre em Ciências da Educação pela Universidade Católica do Porto. Frequenta o Doutoramento em Artes Musicais da Universidade Nova de Lisboa.

É frequentemente convidada para orientar masterclasses de violino em diferentes instituições e para integrar os principais concursos nacionais. Com uma intensa atividade artística, Evandra foi solista com a Orquestra Sinfonieta, Orquestra Clássica do Porto, Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra Nacional do Porto e NU Symphonie Orchestra. É membro da Orquestra Sinfónica do Porto – Casa da Música, professora de violino e música de câmara na Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo do Porto e na Escola Profissional de Música de Viana do Castelo.

 

Ana Queirós nasceu em 1979. Iniciou os seus estudos musicais na Academia de Música de Viana do Castelo, estudando com Fátima Travanca e Luís Pipa. Foi aluna de José Alexandre Reis, no Centro de Cultura Musical de Caldas da Saúde. Em 1996 é admitida na classe de Pedro Burmester, na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Porto, concluindo em 1999 o Curso Superior de Piano.

Nesse mesmo ano é-lhe atribuída uma bolsa de estudos para integrar a classe de Solomon Mikowsky na Manhattan School of Music em Nova Iorque, concluindo em 2001 o Master of Music em Piano Performance. Aperfeiçoou-se em masterclasses em Portugal, Espanha e Alemanha, bem como em cursos de Interpretação de Lied com Charles Spencer. Estudou em Madrid com Galina Egyazarova.

É detentora do 1º e do 2º prémios do Concurso Juventude Musical Portuguesa (1992 e 1995) e do 3º Prémio do Concurso Internacional Maria Campina (1999).

Realiza regularmente recitais a solo e de música de câmara em Portugal, Espanha, Alemanha, Moçambique e EUA. Realizou uma digressão de música portuguesa pelas principais cidades do Brasil.

Gravou ao vivo para a Rádio Brasília e Antena 2. É professora no Conservatório de Música do Porto e na Escola Profissional de Música de Viana do Castelo. Paralelamente à atividade de concertista, é autora de diversos artigos que integram programas de divulgação musical. Foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian, do Centro Nacional de Cultura e da Manhattan School of Music.

 

Doppio Ensemble. Para além do evidente prazer, envolvimento e cumplicidade patentes nas suas interpretações das obras portuguesas, o Doppio Ensemble assume como um dever contribuir para a difusão da obra e dos compositores do seu país. Ao longo da sua existência, tem apresentado primeiras audições absolutas, algumas das quais dedicadas ao duo.

A cumplicidade tradição/inovação, uma das facetas mais marcantes do Doppio Ensemble, está também patente na escolha e design do logótipo do duo: a opção pelo “coração de Viana” simboliza essa dupla essência e identidade dos músicos e do projeto.

O Doppio Ensemble colabora frequentemente com outros músicos dando origem às mais variadas formações. Numa constante busca de novos desafios e sonoridades ecléticas, o duo envereda frequentemente pelo mundo do jazz, bossa nova e World Music. Gravou para a RDP Antena 2 e Porto Canal. Tem convites para recitais no Brasil, EUA, Espanha e Itália.

No concerto o dueto vai interpretar obras de Haendel, Schnittke, Massenet, Paulo Bastos (estreia absoluta de “Do not fit”) e Prokofiev.

A entrada é livre e gratuita no limite dos lugares disponíveis.

 

Maison du Portugal André de Gouveia

Cité Internationale Universitaire de Paris

7 P boulevard Jourdan

75014 Paris

Infos: 01.40.79.02.40

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
5.9
X