Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Emília da Silva é a primeira “Comadre” da Academia do Bacalhau de Lyon

LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos

A Academia do Bacalhau de Lyon organizou o seu primeiro jantar após as férias grandes. Cerca de meia centena de “Compadres” festejaram este encontro no restaurante “La petite rive”, em Genay (69).

No decorrer do jantar houve a entronização de três novos “Compadres” e pela primeira vez nesta Academia, uma “Comadre”. Seguindo o ritual instaurado na Academia, os presentes foram informados sobre o que os motivou a integrarem a Academia do Bacalhau e o que esperavam desta instituição que descobriram, e que, a partir daquele dia, fazem parte dos seus membros e amigos.

Emília da Silva é a primeira “Comadre” da Academia do Bacalhau de Lyon e também foi convidada para fazer parte da Direção, o que será efetivo dentro de algumas semanas, aquando do próximo jantar.

Os outros novos Compadres são Paulo Teixeira e Hélder Soares.

“Estou muito contente e também adiro completamente às ideias e às ações de ajuda e de solidariedade desta instituição” disse ao LusoJornal Emília da Silva. “Sei também que brevemente haverá uma soma em dinheiro que será entregue a uma associação que se ocupa da educação da juventude em situação precária, na cidade do Porto”.

No decorrer do jantar houve uma animação musical com o cantor convidado “Pino”, que interpretou músicas e canções internacionais, o que foi de gosto de todos os presentes.

“Vamos fazer tudo o que será possível para que nos nossos encontros haja sempre uma animação musical e cultural. São inovações que queremos dar à Academia do Bacalhau de Lyon, como também o de aceitarmos a presença de mulheres, dando lugar assim às futuras ‘Comadres’” disse o Presidente Américo Jesus.

O próximo encontro está agendado para a sexta-feira, dia 19 de outubro.

 

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
3.2
X