Equipa francesa de Laurent Poletti vence 24 Horas de Fronteira em todo-o-terreno

Desporto

 

A equipa francesa da MMP venceu ontem as 24 horas de Fronteira, em todo-o-terreno, com os pilotos Laurent Poletti, Franck Cuisinier, Ronald Basso e Adrien Favarel.

Este foi o segundo triunfo para Poletti na prova lusa, que já tinha conquistado em 2005.

O lusodescendente Alexandre Andrade, da Andrade Compétitions, que durante muitos anos dominou tanto as 24H de Fronteira como as 24H de Paris, ficou em 54 lugar com um protótipo AC Nissan. Mário Andrade já não integrou a equipa, mas Alexandre Andrade mantêm-se fiel ao posto e pilotou com

O português Marco Pereira conseguiu o segundo lugar com um Can-Am da categoria T3, integrado na formação do belga Sébastien Guyette, que também incluiu Antoine Vitse e Olivier Devos. A Toyota Hilux da família Reis também subiu ao pódio de Fronteira, com Avelino Reis, Tiago Reis, Edgar Reis e Daniel Silva.

A prova lusa contou com 65 carros e 300 pilotos, com a organização, a cargo do Automóvel Clube Português (ACP), a enaltecer a presença de “muito público”.

“Foi uma corrida muito boa e o carro esteve simplesmente perfeito, sem registar um único problema. Parabéns à MMP”, afirmou Laurent Poletti, que já participou 16 vezes nas 24 Horas TT de Fronteira.

Já o segundo classificado contou com um português entre os pilotos que dividiram os turnos de condução. “Nunca tinha feito as 24 Horas, apenas as 4 Horas SSV, por isso é um resultado de sonho”, apontou Marco Pereira, que foi convidado por Sébastien Guyette para integrar a equipa belga, confessando que “a noite foi difícil”, pois nunca tinha corrido nestas condições, destacou Marco Pereira, que venceu a categoria T3.

O quarto lugar ficou para outra equipa totalmente portuguesa, formada por Amândio Alves, João Silva, Rogério Reis e Márcio Reis, com mais um protótipo da francesa MMP.

O top 5 em Fronteira ficou completo com o Can-Am de Jorge Cardoso, Marco Cardoso, Alexandre Cardoso e João Oliveira.

Na categoria Promoção C, a vitória sorriu ao SEAT de Ismael Margarido, André Serrano, Filipe Galveias e Dino Canha, o mesmo acontecendo na Promoção A ao Suzuki Vitara de Joaquim Seiça, Paulo Soares, Luís Pedro Alves e Gonçalo Fernandes, e na Promoção B ao Citroën AX de Manuel Barreto, Rodrigo Daniel, Hugo Batista e João Paulo Oliveira.

O triunfo nos T2 ficou para os belgas Pieter Backere, Julien Demuynck, Pieter Cracco e Steve Backere (Isuzu D-Max), enquanto nos SSV do grupo T4, os vencedores foram Pascal Rollet, Delphine Crosse e Christophe Girard, num Can-Am.

Carla Gameiro, Cristela Marto, Paula Marto e Sílvia Reis formaram a equipa que arrecadou o troféu feminino, na segunda participação ao volante do Suzuky Jimny.

 

Donativos LusoJornal