Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Cultura

 

«Escapade au Portugal» é o nome de uma exposição gigantesca do fotógrafo francês Jacques Blanchard, com 410 fotografias de Portugal, tiradas durante cerca de 50 anos, entre 1966 e 2015, que vai estar patente ao público a partir deste sábado, 15 de outubro, até ao dia 18 de novembro, na Mairie de Quartier de Lille Centre.

A exposição foi organizada pelo colaborador do LusoJornal em Lille, António Marrucho e está exposta no espaço onde se encontra precisamente a Permanência Consular de Portugal.

A primeira viagem de Jacques Blanchard a Portugal aconteceu por acaso, com um amigo, tiraram um destino à sorte e… saiu-lhes Portugal na rifa. Em Lille expõe algumas das primeiras fotografias que tirou em Portugal nessa altura. E cada fotografia tem uma história, uma anedota, que Jacques Blanchard legenda com humor.

Voltou a Portugal em 1971, depois em 1981 e finalmente em 2014 e 2015, onde permaneceu 6 meses. Enaltece a generosidade dos Portugueses, mas também a espontaneidade, o dinamismo e a “esperança deposta no amanhã”.

Em 1968 fotografou aquela que ele chama “a rapariga mais bonita de Portugal”, com apenas 16 anos. E em 2015 decidiu procurá-la. Tinha uma vaga ideia do sítio onde tinha tirado a fotografia e de aldeia em aldeia, conseguiu encontrá-la, 50 anos depois. “Bati à porta, ela veio abrir e reconheceu-me logo. Só se guarda na memória uma pessoa que se aprecia” contou ao LusoJornal.

Jacques Blanchard adora esperar pelo bom momento para uma fotografia. Diz que pode demorar horas e até dias. Parte regularmente de carro, na sua Sweetie, como lhe chama, que reboca uma caravana, a que chama Starlette. A máquina é uma velha companheira e também lhe chama Véronique.

Esta exposição de fotografias agora na Mairie Annexe de Lille é um verdadeiro “evento”. Jacques Blanchard não aceita expor apenas uma parte da sua coleção e são raros os organizadores que aceitam apresentar 410 fotografias numa mostra! Acontece agora em Lille.

Mas António Marrucho viu a coleção e ficou conquistado. “É uma das exposições mais completas que já vi” confessa ao LusoJornal. Decidiu então lançar mãos à obra, com a cumplicidade da Mairie de Lille. Martine Aubry, a Maire de Lille, assina o convite, com alguns dos seus Maires-Adjoints: Marie-Pierre Bresson, Sébastien Duhem, Franck Hanoh e Jérôme Pianezza. Também assina Bruno Cavaco, Cônsul Honorário de Portugal em Lille.

Durante um mês a exposição vai ser mostrada ao público, em pleno centro da cidade, num dos espaços por onde passam, precisamente, mais portugueses.

 

Até 18 de novembro de 2022

Mairie de Quartier de Lille Centre

31 rue des Fossés

Lille

De segunda a sexta-feira, das 9h00 às 12h00 e das 13h15 às 16h30

 

Donativos LusoJornal
X