Euro’24: Deschamps quer França mais eficaz e alerta para qualidade de Portugal


O Selecionador Didier Deschamps afirmou hoje que espera uma França mais eficaz no jogo com Portugal, dos quartos de final do Euro2024 de futebol, referindo que a equipa tem de estar no máximo para vencer a formação lusa.

“A solidez defensiva é essencial em competições destas. Também temos criado muitas oportunidades, mas, por vezes, é difícil ser eficaz. Até agora tem chegado, mas o nível aumenta, e se formos mais eficazes, melhor”, disse o Selecionador francês, em conferência de imprensa no Volksparkstadion, em Hamburgo, na Alemanha.

Didier Deschamps, que não quis revelar quem será o substituto do castigado Rabiot no meio-campo, disse acreditar que vai ser um grande jogo, no qual os detalhes são importantes.

“Pode depender de pormenores e da capacidade dos jogadores de marcarem a diferença. Portugal é uma das melhores equipas da Europa e existe muita qualidade dos dois lados, por isso acredito que vai ser um grande jogo. Historicamente, foram sempre jogos renhidos, mas a este nível é normal”, salientou.

O Selecionador francês abordou ainda a preparação do jogo, referindo que foram apenas quatro dias para recuperar, e deixou elogios a Roberto Martínez, Selecionador de Portugal.

“Portugal pode jogar em vários sistemas, conheço Martínez e aprecio o seu trabalho. Pode jogar com três ou quatro defesas. Vamos tentar ter posse de bola a controlar o adversário. Portugal também tem capacidade para ter bola, prefere atacar a defender, e vai existir um combate de forças”, explicou.

Deschamps garantiu que a França vai precisar de todos os jogadores “no máximo” para vencer Portugal e desvalorizou algumas criticas às exibições da equipa e de alguns dos futebolistas no Euro2024.

Desafiado a comparar a seleção portuguesa de hoje em dia com a que venceu o Euro2016, na final frente à França de Deschamps, em Paris, o Selecionador salientou que são duas formações fortes.

“Portugal em 2016 era forte e fez o que era preciso, que foi vencer, o que para nós foi difícil e doloroso. Agora jogamos por um lugar nas meias-finais e é uma equipa igualmente forte. Portugal é um dos favoritos e tem legítimas aspirações em chegar ao título. Estamos nos ‘quartos’, só passa um e queremos ser nós”, frisou.

O Selecionador francês falou ainda sobre Cristiano Ronaldo, avançado português que ainda procura o primeiro golo nesta edição da prova continental, considerando que continua a ser um jogador com capacidade para resolver. “Ronaldo, além da motivação, tem capacidade de marcar golos e vencer. Tem essa capacidade e vai ter sempre. Continua a ser um grande competidor”, concluiu.

O Portugal-França, dos quartos de final do Euro’24, está agendado para esta sexta-feira, com início marcado para as 21h00, no Volksparkstadion, e terá arbitragem do inglês Michael Oliver.

.

António João Oliveira e Luís Garoupa, Lusa