Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Já lá vão seis triunfos para a família Andrade. A equipa luso-francesa composta por Alexandre Andrade e três franceses – Cédric Duplé, Yann Morize e Alexandre Beaujon – acabou por vencer a edição 2018 das 24 Horas TT de Fronteira, em Portugal.

«Foi uma corrida perfeita. Não tivemos problemas mecânicos. Andámos com um ritmo superior aos outros e funcionou. No final, estamos aqui em primeiro. Estar mais de 20 horas na frente é muito bom porque é mais fácil de gerir a prova», explicou Alexandre Andrade ao website da prova.

Foram 21 das 24 horas na frente da prova. O ‘Team Andrade’ dominou por completo a corrida, terminando à frente da equipa proveniente da Letónia, vencedora no ano passado, composta por Igor Skoks, Rudolfs Skoks e Arvis Pikis.

De notar que no terceiro lugar na prova portuguesa ficou um quarteto francês composto por Gilles Billaut, Philippe Boutron, Antoine Galland e Gonzalez Richard.

Team Andrade com 6 triunfos

Recorde-se que não é o primeiro triunfo desta equipa luso-francesa. Tudo começou em 2004 quando a equipa liderada por Mário Andrade, pai, e na qual estava Alexandre Andrade, filho, venceram pela primeira vez com um Renault Clio.

Em 2007, novo triunfo para Mário e Alexandre Andrade, sempre com um Renault Clio e com dois pilotos franceses – Gerard Moncé (que fabricou o protótipo) e Stéphane Barbry – que também estavam presentes em 2004.

Em 2009, a família Andrade arrecada um terceiro triunfo, desta vez contando com Stéphane Barbry e Georges Lansac.

O ano de 2011 foi algo diferente visto que Mário Andrade venceu a prova mas sem o filho nos participantes. A equipa estava composta com os Portugueses Carlos Sousa e Francisco Pita, e o Francês Cédric Duplé.

2014, ano marcante não pelo triunfo, visto que a família Andrade terminou no segundo lugar, mas sobretudo porque foi a última edição em que Mário Andrade participou, deixando o seu filho como líder da equipa.

Em 2016 foi o primeiro triunfo de Alexandre Andrade que competiu com um trio francês composto por Cédric Duplé, Yann Morize e Thomas Morize, sendo também a primeira vitória ao volante do AC Nissan Proto.

A família Andrade continua a dominar a prova portuguesa, agora apenas com Alexandre Andrade como piloto, mas contando com Mário Andrade na estrutura da equipa. Seis triunfos em 21 edições e os recordes podem continuar a ser batidos. É a equipa com mais triunfos nesta prova das AFN 24 Horas de Vila de Fronteira.

Os Andrade são empresários, com negócio no mercado abastecedor de Rungis.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
7.9
X