Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O festival “Au Fil des Voix” está de volta em várias salas parisienses de dia 20 de janeiro até dia 7 de fevereiro e conta mais uma vez com a participação de artistas lusófonos como Mísia, António Zambujo, Lina Raül Refree, Nicola Són e Pongo.

O festival inicia-se na segunda-feira, dia 20 de janeiro, às 19h30, com as atuações na La Cigale de Mísia e António Zambujo. Ambos os artistas defendem um estilo musical baseado no fado, mas têm como ambição transcender o género. Mísia, considerada como a “anarquista do fado” pelo jornal francês Marianne, virá apresentar o seu novo álbum “Pura vida” onde a guitarra elétrica tem um lugar importante. António Zambujo recorre à mistura do fado com a música popular brasileira para criar um estilo próprio e inconfundível e virá igualmente apresentar o seu mais recente disco “Do avesso”, que conta com a participação da Orquestra Sinfónica de Lisboa.

Na terça-feira, dia 28 de janeiro, às 20h30, subirá ao palco da Le 360 Paris Music Factory o duo Lina Raül Refree. Raül é um produtor espanhol de música eletrónica e Lina é uma fadista portuguesa, juntos, ele nas teclas e ela na voz, criam um estilo musical diferente que pretende modernizar o fado tradicional.

Nicola Són é um cantor, autor, compositor e guitarrista francês de origem arménia que atuará na quarta-feira, dia 5 de fevereiro, na Le 360 Paris Music Factory às 20h30. Nicola Són é um apaixonado pela música brasileira, viveu cinco anos em São Paulo, e trouxe nas bagagens as sonoridades tradicionais da MPB para as cruzar com a música francesa. Virá apresentar o seu último álbum “Piaf do Brasil” que comporta versões em português do brasil de vários clássicos da célebre cantora Edith Piaf.

Na sexta-feira, dia 7 de fevereiro, na sala Trianon, às 20h00 subirá ao palco a cantora de kuduro Pongo. Compositora e intérprete angolana, Pongo foi descoberta pelo grande público graças à sua passagem pelo grupo Buraka Som Sistema, tendo iniciado em 2018 a sua carreira a solo.

Criado em 2008, o festival “Au Fil des Voix”, confiante devido ao sucesso das suas primeiras edições, estabeleceu-se como o evento imperdível das grandes vozes da “World Music” que constitui uma verdadeira plataforma de criação e divulgação. Honrando as práticas vocais e instrumentais do mundo, este festival convida o público todos os anos a uma viagem musical de sons oriundos de todo o mundo, para ir ao encontro da alteridade cultural.

Com grandes vozes emblemáticas, artistas confirmados, mas também jovens talentos, o festival “Au Fil des Voix” mostra no palco uma seleção das novas produções discográficas do ano, ampliando um pouco mais as fronteiras musicais.

Conduzido pela associação “Au Fil des Voix”, o festival desenvolveu um conceito atípico, trabalhando em sinergia com um conjunto de produtoras e outros profissionais da indústria musical, através de um princípio de mutualização. Todos são movidos pelo mesmo desejo: apoiar a criação musical contemporânea e a sua divulgação. O festival convida a descobrir, ano após ano, cerca de vinte artistas durante doze noites, em algumas das salas mais emblemáticas de Paris.

Já são doze anos, à volta de 237 grupos, 1.000 músicos de mais de 65 países e regiões que testemunham da renovação perpétua da música e das vozes mundiais, constantemente em movimento.

www.aufildesvoix.com

 

Segunda-feira, 20 de janeiro, 19h30

António Zambujo & Mísia

La Cigale

 

Terça-feira, 28 de janeiro, 20h30

Lina_Raül Refree

Le 360 Paris Music Factory

 

Quarta-feira, 5 de fevereiro, 20h30

Nicola Són

Le 360 Paris Music Factory

 

Sexta-feira, 7 de fevereiro, 20h00

Pongo

Le Trianon

 

Cultura
X