Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Filipe Albuquerque, Will Owen e Hugo de Sadeller vão largar para as 4H de Paul Ricard, a quarta jornada do European Le Mans Series, da quinta posição da grelha.

Um lugar longe das expectativas do trio da United Autosports, mas que mesmo assim não desanima os pilotos que esperam conseguir na corrida recuperar lugares.

No final da sessão de qualificação, Filipe Albuquerque não escondia alguma desilusão: «Não era possível conseguir fazer melhor. O Ligier estava bom, mas não conseguimos ter o andamento necessário para fazer frente aos nossos adversários. Não há muito mais a dizer nem a explicar. Foi a qualificação possível. Agora é pensar na corrida e recuperar os lugares perdidos», começou por referir Filipe Albuquerque.

As quatro horas de prova poderão ser suficientes para recuperar posições, mas há que ter em atenção «o desgaste dos pneus».

«Vamos ter de ser muito cuidadosos e delinear uma estratégia que nos seja favorável. Evitar problemas também será outro fator importante. Apesar do lugar na grelha não ser o melhor, acreditamos que podemos fazer um bom trabalho porque o carro está com um bom desempenho», concluiu Filipe Albuquerque, ciente que nada está perdido e que o objetivo passa sobretudo por terminar a corrida na frente dos seus adversários na luta pelo campeonato.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
10.0
X