Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O filme “Vitalina Varela”, de Pedro Costa, venceu o grande prémio do Festival de Cinema de La Roche-su-Yon em França.

Apresentado como uma “experiência de cinema inesquecível”, o filme esteve inserido na competição internacional do festival, tendo recebido o grande prémio, no valor de 15 000 euros de apoio à distribuição.

“Vitalina Varela” teve estreia mundial em agosto passado, no Festival de Cinema de Locarno, na Suíça, onde arrecadou os prémios Leopardo de Ouro e Leopardo de melhor interpretação feminina para a protagonista, que dá nome ao filme.

O filme, que chega aos cinemas portugueses a partir no dia 31 de outubro, no circuito comercial, cineclubes e auditórios municipais, parte da história de uma mulher cabo-verdiana que viveu grande parte da vida à espera de ir ter com o marido, Joaquim, emigrado em Portugal. Sabendo que ele morreu, Vitalina Varela chegou a Portugal três dias depois do funeral.

Pedro Costa conheceu Vitalina Varela quando rodava o filme anterior, “Cavalo Dinheiro”, acabando por incluir parte da história dela na narrativa e dando-lhe agora protagonismo na nova obra cinematográfica.

Depois de Locarno, o filme está a fazer uma “notável e inigualável carreira internacional” com a presença em 42 festivais, de Espanha à Austrália, da Alemanha à Coreia do Sul.

 

Linda de Suza 19/20
Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 0 Votos
0.0
X