Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Os estrangeiros, incluindo os Franceses, acabaram por comprar cerca de 90 mil imóveis, num total de 14,4 mil milhões de euros, isto no que diz respeito aos últimos sete anos. Os Franceses lideram as compras desde 2016.

No ano passado os Franceses compraram quase 20% do total das aquisições por não residentes. No total, e contabilizando todos os estrangeiros, ou não residentes, compraram imóveis no valor de 3,4 mil milhões em 2018. No entanto há zonas preferenciais como Lisboa e o Algarve. Nessas duas zonas concentram-se mais de 75% das aquisições realizadas pelos estrangeiros.

Em 2018, o valor médio dos prédios vendidos a não residentes foi de 171 mil euros, mais 58% do que a média das transações globais, contribuindo para a pressão sobre os preços do imobiliário, isto segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Um das razões que explica este investimento francês tem a ver com o regime fiscal favorável: Portugal dá isenção de IRS aos reformados e um IRS de 20%.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.1
X