Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A companhia francesa Collectif Kaboum venceu a secção de talentos emergentes do Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua de Santa Maria da Feira e está assim convidada a atuar na edição de 2020, revelou a organização.

O evento decorreu entre os dias 23 a 25 de maio em vários espaços e salas da cidade, sendo que os artistas vencedores desta rubrica de novos talentos, designada Mais Imaginarius, tiveram em cena o espetáculo “Système D”, com cinco exibições no largo do Rossio e na Praça Gaspar Moreira.

«Os Collectif Kaboum conquistaram o júri com o seu espetáculo de circo e, além de receberem uma bolsa de apoio no valor de 5.000 euros, serão convidados a criar um novo projeto para estreia na próxima edição do festival Imaginarius», revelou a Câmara Municipal da Feira, organizadora do evento.

A companhia francesa destacou-se entre os 20 projetos que integravam o Mais Imaginarius de 2019 ao obter a maior pontuação por parte de um júri internacional constituído por cinco elementos.

«’Système D’ é um espetáculo de circo ao gosto de todas as idades, misturando mestria, técnica e amor à vida. Baseando-se na técnica de mão a mão, as alegres personagens revisitam momentos do quotidiano de todos nós: um carrinho feito de restos puxado por uma motocicleta remendada e cinco pessoas a compartilhar um espaço minúsculo. A rua torna-se um recreio e a monotonia da rotina diária desaparece para dar lugar a uma cena da vida comunitária», descreve fonte da autarquia.

No Mais Imaginarius os Collectif Kaboum disputavam o prémio com outros 19 projetos da Austrália, Bélgica, Eslováquia, Espanha, Itália, Inglaterra, Portugal e da própria França – todos eles em estreia no território português e selecionados entre 186 candidaturas de 40 países.

Os artistas escolhidos para essa rubrica atuam sempre sem cachê, mas a organização assegura-lhes estadia e alimentação, e este ano também comparticipou as viagens de cada companhia com verbas entre 400 e 1.000 euros, consoante a distância a suportar. O investimento total para esse efeito foi de 12.000 euros.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
6.9
X