Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Futebol: Erro de Anthony Lopes ofereceu triunfo ao Benfica

O Benfica conquistou a primeira vitória na Liga dos Campeões de futebol de 2019/20, ao impor-se por 2-1 na receção aos Franceses do Lyon, em jogo da terceira jornada do Grupo G.

O campeão nacional inaugurou o marcador aos quatro minutos, por intermédio de Rafa – pouco tempo antes de sair lesionado -, mas o Lyon empatou aos 70, através do holandês Memphis Depay, antes de Pizzi recolocar a equipa lisboeta na corrida pelo apuramento aos oitavos de final, fixando o resultado, aos 86.

Aos 86 minutos, o guarda-redes internacional português do Lyon, Anthony Lopes, entregou de ‘bandeja’ o triunfo a Pizzi, numa clamorosa falha de concentração a repor a bola com a mão.

Após as derrotas com Leipzig (2-1) e Zenit de São Petersburgo (3-1), o Benfica obteve o primeiro triunfo na prova, mas mantém-se como lanterna-vermelha do grupo, com três pontos, menos um do que o Lyon e os russos, derrotados por 2-1 na Alemanha pelo líder da ‘poule’, com seis pontos.

Palavras dos Treinadores

Bruno Lage, Treinador luso do Benfica: “Tivemos uma primeira parte de grande nível e o Lyon foi melhor na segunda parte, embora sem oportunidades evidentes. Por aquilo que foram as duas partes, pelas nossas oportunidades, somos uns justos vencedores. Estamos a jogar numa competição de grande exigência. Fizemos uma primeira parte fantástica e depois o Lyon teve de reagir e nós fomos perdendo velocidade e a capacidade de criar instabilidade no adversário. Sabemos a exigência de jogar no Benfica e é importante a alegria e a festa dos adeptos depois desta vitória. Queríamos uma reentrada forte. Sabíamos da importância do jogo e que tínhamos de pontuar. Estamos na luta, com três pontos”.

Rudi Garcia, Treinador gaulês do Lyon: “O Anthony [Lopes] está triste, mas todos podem cometer um erro. Ele foi vítima de querer colocar a bola rapidamente em jogo para fazermos o segundo golo, mas pouco mais há a dizer. Foi um momento complicado e não era o que tínhamos idealizado, pois queríamos ganhar o jogo. Não fizemos uma boa primeira parte, mas, na segunda, melhorámos bastante e podíamos perfeitamente ter ganho o jogo. Tivemos personalidade e podíamos ter conseguido pontos no jogo de hoje. Agora, o nosso objetivo é ganhar ao Benfica no jogo daqui a 15 dias. Estivemos bem melhor na segunda parte e fomos melhores do que o Benfica, por isso podemos ganhar em nossa casa”.

Ficha de Jogo

Estádio da Luz em Lisboa.

Benfica-Lyon: 2-1

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Rafa, 04 minutos.

1-1, Memphis Depay, 70.

2-1, Pizzi, 86.

Equipas:

Benfica: Vlachodimos, Tomás Tavares, Rúben Dias, Ferro, Grimaldo, Gedson Fernandes, Gabriel, Florentino, Rafa (Pizzi, 20), Cervi (Raúl De Tomás, 77) e Seferovic (Vinicius, 59).

(Suplentes: Zlobin, Raúl de Tomás, Jardel, Taarabt, Pizzi, André Almeida e Vinicius).

Treinador: Bruno Lage.

Lyon: Anthony Lopes, Dubois, Marcelo, Denayer, Koné, Cornet (Taroré, 66), Aouar (Reine-Adelaide, 88), Tousart, Terrier (Thiago Mendes, 56), Dembélé e Memphis Depay.

(Suplentes: Tatarusanu, Andersen, Rafael, Traoré, Thiago Mendes, Reine-Adelaide e Tete).

Treinador: Rudi Garcia.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.6
X