Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

José Fonte, que chegou durante o verão ao Lille proveniente dos Chineses do Dalian Yifang, tem sido imprescindível na defesa da equipa francesa, tendo disputado cinco jogos a titular. No último encontro frente ao Nantes, José Fonte apontou o seu primeiro golo no Campeonato francês com a camisola do Lille, clube que tem como alcunha “os Dogues”. Um tento do defesa-central português que permitiu à sua equipa de triunfar pela quarta vez.

A equipa do Norte da França realiza um início de temporada sem comparações com aquele do ano passado, ocupando atualmente o segundo lugar isolado com 13 pontos, estando a cinco pontos do líder, o Paris Saint Germain.

No passado fim de semana o Lille venceu por 2-1 o Nantes, no Estádio Pierre Mauroy, com três jogadores portugueses a titulares – José Fonte, Xeka e Rui Fonte. De notar que a equipa do Norte da França conta ainda com mais dois atletas lusos no plantel – Rafael Leão, ainda lesionado, e Edgar Ié, que tem ficado no banco de suplentes.

O LusoJornal falou com o central português de 34 anos, José Fonte (na esquerda na foto), que estava feliz com o seu primeiro golo, mas sobretudo estava satisfeito com o triunfo do clube, isto antes de defrontar o Bordeaux nesta quarta-feira.

 

Qual foi a sensação de marcar este golo?

Estou contente com o golo apontado, mas o mais importante foi a vitória e os três pontos. Admito no entanto que já andava à procura há muito tempo, e finalmente consegui marcar, mas o importante será sempre a equipa.

 

Foi mais um triunfo para o Lille…

Estamos felizes por mais uma vitória, mas sabemos que temos de ter os pés bem assentes na terra e sabemos que vai ser um Campeonato difícil. Estamos contentes com o triunfo frente ao Nantes mas já estamos concentrados no jogo frente ao Bordeaux que vai ser muito complicado. Até agora fizemos um bom começo e podemos estar satisfeitos, mas tem de haver mais consistência. Não podemos começar a pensar que está tudo feito porque não está, o trabalho só agora está a começar.

 

É necessário evitar os erros no fim do jogo como frente ao Amiens e ao Nantes?

O importante é sempre ganhar, como é óbvio, mas temos de eliminar estas pequenas desconcentrações porque em todos os jogos não vamos conseguir marcar dois, três, quatro ou cinco golos, há jogos que vamos ter de ganhar por 1-0 e por isso há que saber defender.

 

O Lille desloca-se ao terreno do Bordeaux nesta quarta-feira 26 de setembro, num jogo a contar para a sétima jornada da Ligue 1.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.9
X