Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Nantes, comandado pelo Treinador português Miguel Cardoso, empatou a uma bola na deslocação ao terreno do Lyon.

Neste encontro, o Lyon começou por abrir o marcador aos 22 minutos pelo médio francês Houssem Aouar. No entanto os Canários souberam reagir e empataram pelo médio ofensivo brasileiro Gabriel Boschilia aos 62 minutos. Um empate que podia ter sido desfeito com uma grande penalidade falhada pelo avançado francês do Lyon, Nabil Fekir, e com uma ocasião do avançado ganês do Nantes, Majeed Waris, que não conseguiu ultrapassar o guarda-redes e internacional português Anthony Lopes.

Com este resultado o Lyon sobe para o 3° lugar com 14 pontos, a dez do Paris Saint Germain, enquanto o Nantes mantém-se no 19° e penúltimo lugar agora com 6 pontos, os mesmos que o Monaco do outro Treinador luso, Leonardo Jardim.

Após duas derrotas consecutivas, o Nantes conseguiu arrecadar um ponto frente a um dos candidatos ao título, mas será suficiente para ficar à frente da equipa do Oeste da França?

No fim do encontro, em declarações à imprensa, Miguel Cardoso não deixou de lembrar que tem contrato até 2020: “Neste momento precisamos de pontos. Então jogar em Lyon e arrecadar um ponto só pode ser positivo. No entanto quero deixar claro que vimos coisas aqui frente ao Lyon, que já tínhamos visto noutros encontros. As pessoas falam de muitas coisas, por isso pedi respeito, respeito principalmente para os meus jogadores, não forçosamente para mim porque eu tenho a minha carreira, tenho a minha família, tenho a minha vida, tenho saúde bem como a minha família, então eu estou tranquilo. Mas peço respeito sobretudo para os meus jogadores que têm um carácter incrível, eu dou tudo para eles. Isso é o mais importante. Frente ao Lyon, jogaram bem, jogaram com vontade, mas isso eles já fizeram noutros jogos, não foi só frente ao Lyon”.

“As pessoas têm de entender que têm de respeitar o grande clube que é o Nantes. Eu continuo a fazer o meu trabalho, tranquilo, e comigo não há polémicas. Vou continuar a trabalhar porque ninguém no clube me disse algo no sentido contrário. Vou preparar o próximo jogo com a mesma vontade, a mesma intensidade. Tenho contrato até 2020 e vou cumprir esses dois anos”, concluiu o Treinador português.

O próximo jogo do Nantes é no domingo 7 de outubro pelas 15h00 frente ao Bordeaux, numa deslocação ao território girondino, num jogo a contar para a nona jornada, isto se Miguel Cardoso ficar na frente da equipa dos Canários.

A imprensa francesa continua a afirmar que neste domingo o Presidente do clube, Waldemar Kita, vai encontrar o Técnico Vahid Halilhodzic, e segunda-feira o contrato entre as duas partes deverá ser assinado. A incerteza continua em torno do futuro de Miguel Cardoso.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
5.5
X