Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A 24ª jornada do campeonato de França da primeira divisão de futebol, a Ligue 1, inicia-se nesta sexta-feira com o encontro entre o Angers e o Lille.

O Angers, 13° classificado com 30 pontos, recebe o Lille, 4° com 37 pontos, no Estádio Raymond-Kopa.

O Angers conta na equipa com o lusodescendente Mathias Pereira Lage, enquanto o Lille tem quatro Portugueses no plantel – José Fonte, Xeka, Tiago Djaló e Renato Sanches.

O LusoJornal falou com o internacional português Renato Sanches (na foto), jogador que atuou no SL Benfica, para fazer uma antevisão do encontro frente ao Angers e para abordar os objetivos do clube até ao fim da época.

 

O Angers é um adversário que tem acumulado várias derrotas nos últimos jogos…

As equipas todas em França têm possibilidades de vencer qualquer adversário. Por isso nós não podemos relaxar. Temos apenas de dar o nosso melhor e fazer aquilo que temos feito nos últimos jogos.

 

Jogou no meio-campo frente ao Rennes, sente-se à vontade nessa posição?

Eu estou feliz por jogar no meio-campo, ou jogando na linha. Tanto faz para mim. Eu só quero dar o meu melhor e ajudar a equipa. A minha posição de raiz é no meio-campo, mas eu consigo fazer outras funções.

 

A solidariedade entre os jogadores foi fundamental para os dois últimos triunfos…

Uma equipa unida é sempre uma equipa que tem bons resultados, por isso nós temos de jogar sempre assim até ao fim da temporada para concretizarmos os nossos objetivos.

 

O 3° lugar está cada vez mais próximo?

Esse é o nosso objetivo, alcançar o pódio e vencer os próximos jogos.

 

Que balanço podemos fazer do último jogo frente ao Rennes, um triunfo por 1-0?

Fizemos um bom jogo, a equipa estava concentrada, o Rennes é uma boa equipa. Acho que fizemos aquilo que devíamos fazer, ganhar o jogo, defender bem. Tivemos algumas oportunidades, não concretizámos, mas fomos felizes, ganhámos o jogo e isso foi o mais importante.

 

Desporto
X