Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

David Domingues Fernandes acaba de assinar com o Tours FC e passa a ser o treinador da equipa U11. Com raízes na Póvoa do Lanhoso, joga futebol desde os 5 anos de idade e começou a treinar há três épocas. Este é o primeiro contrato com um clube profissional.

A vida de David Domingues Fernandes podia ter mudado quando aos 13 anos de idade foi identificado pelos “olheiros” do Girondins de Bordeaux. Na altura jogava nos Portugueses de Joué-les-Tours. “Os ‘olheiros’ do Girondins de Bordeaux foram ver os meus pais e queriam levar-me para a academia deles. Os meus pais não me deixaram ir. Acharam que era cedo demais” explicou ao LusoJornal.

Nunca mais nenhum clube profissional lhe bateu à porta. Mas nunca parou de jogar, em várias equipas, sempre na região de Tours: Ardente, St Cyr, Portugais de Joué-les-Tours, Joué Touraine, US Joué, La Membrolle, Montrichard (41), Château-La-Valliere… Foi lateral esquerdo, lateral direito, atacante, defesa… até foi guarda-redes!

No ano passado criou o Lusitanos de Tours “uma equipa praticamente só com Portugueses, quase todos trabalhadores da construção civil, mas todos apaixonados pelo futebol”. Com 35 anos de idade, David Domingues Fernandes é o Presidente, o Treinador e um dos jogadores do clube. O Campeonato da 2ª divisão distrital foi interrompido por causa da pandemia de Covid-19, mas o clube estava em segundo lugar e sobe de divisão.

“Mas este é um clube amador, familiar” diz ao LusoJornal. Por isso vai conciliar este projeto com o projeto mais ambicioso de Treinador do Tours FC. Para já vai treinar a equipa de U11 e vai continuar a passar os diplomas de treinador, “para ir o mais longe possível”.

Chegar ao Tours FC é praticamente um sonho já concretizado: este é o maior clube da região. “É um clube profissional, que esteve em Ligue 2, mas depois teve um problema financeiro que o fez descer ao campeonato amador. Têm vindo a subir e o clube espera regressar rapidamente à Ligue 2” explica David Domingues Fernandes ao LusoJornal.

 

“Treinar em Portugal seria um sonho”

David Domingues Fernandes sempre teve a nacionalidade portuguesa, é Benfiquista “ferrenho”, mas também segue outras equipas portuguesas, como por exemplo o Sporting de Braga, “porque é próximo de Póvoa de Lanhoso, a terra dos meus pais, e onde eu vou regularmente de férias”.

Também vai seguindo a equipa do Lusitanos de Saint Maur, interessa-se pelos jogadores portugueses que jogam em França, nomeadamente Renato Sanches em Lille e o pequeno Mathis Lopes que joga na equipa U15 do Tours FC “e que já foi convocado duas vezes para a Seleção de Portugal”. Para além disso, considera Ricardo Quaresma como o seu jogador preferido.

A assinatura deste primeiro contrato enquanto Treinador no Tours FC tem grande importância para David Domingues Fernandes. O clube está bem equipado, “tem médicos, tem boas condições para acolhermos os jogadores” e agora não quer desperdiçar nenhuma oportunidade. Quer evoluir no clube, mas também está aberto a novas propostas, em novos clubes… e até em Portugal. “Treinar em Portugal seria um sonho” diz ao LusoJornal.

Mesmo se casou com uma Polaca, vai regularmente de férias a Portugal, adora Francesinhas e Sumol.

 

Aposta máxima no filho… de 3 anos

Neste momento chegam ao Tours FC inúmeras candidaturas de jogadores. “Há sempre muitos pedidos para entrar no clube. A candidatura faz-se por ‘dossier’, que o próprio clube seleciona. E depois sou eu que faço a seleção final e escolho 20 jogadores” explica o jovem treinador.

Com quatro treinos por semana – à segunda, terça, quinta e sexta-feira – a Academia está organizada para dar o máximo de enquadramento aos jovens jogadores. Os jogos têm lugar ao sábado. A equipa U11 disputa do Campeonato Régional Division d’Honneur e pode ainda subir uma divisão, até ao Campeonato National, o mais alto escalão desta categoria.

David Domingues Fernandes sabe que tem de evoluir. “Se descer de divisão não fico no clube, claro” confessa ao LusoJornal. Resta saber como vai gerir esta pressão.

Para além de Treinar a equipa U11 do Tours FC e de jogar e treinar o Lusitanos de Tours, David Domingues Fernandes é perito de seguros. Mas tem ainda um outro desafio pessoal pela frente: fazer com que o filho, Nolan Domingues Fernandes, com apenas 3 anos de idade, se torne num jogador profissional, para fazer a carreira que o pai acabou por não fazer.

A filha, Loeva, com 6 anos, não vai em futebóis, mas Nolan alimenta as esperanças do pai. “Treino-o todos os dias” confessa ao LusoJornal.

 

Desporto
X