Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

O Brigadeiro-general português Paulo Neves de Abreu entregou ontem o comando da Missão de Treino da União Europeia na República Centro-Africana (EUTM-RCA) ao General francês Jacques de Montgros, numa cerimónia com o Ministro da Defesa.

A cerimónia, com o Ministro João Gomes Cravinho, os Chefes do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Almirante Silva Ribeiro, e do Exército, General Nunes da Fonseca, decorreu no Campo Moana/M’Poko, em Bangui, de acordo com um comunicado do Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA) ontem divulgado.

Estiveram ainda presentes o Presidente da República, Faustin-Archange Touadéra, o Primeiro-Ministro, Henri-Marie Dondra, e o Ministro da Defesa, Claude Rameaux.

Portugal comandou esta missão no último ano com um contingente de 61 militares pertencentes aos três ramos da Forças Armadas e que incluiu seis militares brasileiros.

A partir de agora, o número de militares portugueses será ajustado para 20, acrescenta o comunicado.

A RCA caiu no caos e na violência em 2013, depois do derrube do ex-Presidente François Bozizé por grupos armados juntos na Séléka, o que suscitou a oposição de outras milícias, agrupadas sob a designação anti-Balaka.

Desde então, o território centro-africano tem sido palco de confrontos comunitários entre estes grupos, que obrigaram quase um quarto dos 4,7 milhões de habitantes da RCA a abandonarem as suas casas.

 

Comunidade
X