Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Desporto

 

O francês Pierre Pineau sagrou-se ontem Campeão da 60ª edição do Open de Portugal, no Royal Óbidos Golf Resort, onde Tomás Bessa foi o melhor português, ao terminar em sexto lugar, o seu melhor resultado no Challenge Tour.

Depois do empate registado ao final das quatro voltas, com 273 pancadas, 15 abaixo do par, Pierre Pineau, de 23 anos, ‘sacou’ um ‘eagle’ no primeiro buraco do ‘play-off’ com os compatriotas Félix Mory e David Ravetto para conquistar o seu primeiro título no Challenge Tour.

Pierre Pineau começou a praticar golfe com apenas 5 anos de idade, no prestigioso Golf de Saint-Quentin-en-Yvelines, porque o padastro era professor da modalidade. Bem mais tarde, em 2017, com apenas 18 anos de idade, decide interromper os estudos para se consagrar unicamente ao golf. Nos dois primeiros anos participou nos mais prestigiosos torneios amadores espalhados pelo mundo. E em 2019 lançou-se no circuito profissional. A vitória agora no Open de Portugal, confirma que fez uma boa escolha.

Entre os portugueses, Tomás Bessa foi quem mais se destacou, fechando a sua terceira participação no Open de Portugal, no sexto lugar empatado com o escocês Euan Walker, ambos com um total 276 pancadas, 12 abaixo, enquanto Pedro Figueiredo terminou 22º lugar e o amador Hugo Camelo Ferreira despediu-se na 68ª posição.

 

Donativos LusoJornal
X