Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Seleção portuguesa feminina de hóquei em patins continua à espera do desfecho do Campeonato da Europa que decorreu na Mealhada em Aveiro.

Portugal estava a perder no passado sábado por 2-3 frente à Espanha quando faltavam jogar menos de dois minutos – 1 minuto e 45 segundos exatamente -, na sequência de falhas sucessivas nos holofotes principais do pavilhão e por questões de segurança devido à queda de vários pedaços do teto, em consequência dos efeitos do Furacão Leslie.

A Real Federação Espanhola de Patinagem (RFEP) propôs o dia 24 de outubro para a conclusão do jogo final do Campeonato Europeu de hóquei em patins feminino.

A Federação Europeia de Hóquei em Patins (WSERH) recusou a data de 24 de outubro para a realização do tempo que falta da final do Europeu feminino, por indisponibilidade dos árbitros.

“Com referência à resposta enviada pelas duas federações à Federação Europeia de Hóquei em Patins (WSERH), informamos que a data de 24 de outubro proposta para a conclusão do jogo não pode ser aceite devido à indisponibilidade dos dois árbitros, um lesionado e outro indisponível”, refere a nota.

A WSERH enviou novo pedido às Federações portuguesa e espanhola para que sugiram uma nova data mas que seja num fim de semana que não preceda a data de 1 de novembro de 2018.

A confusão continua em torno da conclusão da final.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.2
X