Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Inaugurada em Albi a exposição da artista portuguesa Isabel Carvalho

LusoJornal | Manuel André LusoJornal | Manuel André
Donativos LusoJornal

 

Foi precisamente no ‘hôtel particulier’ que pertenceu a Henri-Pascal de Rochegude, atualmente sede do Centro de arte contemporânea ‘Le Lait’, que foi inaugurada na passada sexta-feira, a exposição intitulada “Langages tissés”, da artista portuense, Isabel Carvalho, num trabalho de pesquisa materializado em diversas formas artísticas e literárias, dedicadas ao Almirante albigeois.

Numa altura em que a França se prepara para ser a capital da cultura portuguesa, a capital da região do Tarn é uma das montras das artes nacionais em terras gaulesas, com a parceria da Fundação Calouste Gulbenkian, do Domaine de Brin, da Communauté d’agglomération de l’Albigeois e vários parceiros institucionais na Occitanie, entre os quais a Mairie d’Albi.

Isabel Carvalho, que se deslocou propositadamente de Portugal, foi acolhida num ambiente caloroso, perante um numerosa assistência e uma alta temperatura, no pátio da instituição, sendo Georges-Henry Sere e Antoine Marchand, respetivamente Presidente e Diretor do Centre d’art Le Lait a abrirem o discurso de apresentação, seguidos de Stéphanie Guiraud-Chaumeil, Maire d’Albi e Christophe Ramond, Presidente do Conseil départemental du Tarn.

Por fim, Miguel Costa, Vice-Cônsul de Portugal em Toulouse, teceu as últimas palavras do intercâmbio cultural entre os dois países, sem deixar de agradecer e enaltecer esta iniciativa que engrandece os laços de amizade luso-franceses.

A artista portuguesa, regressou no dia seguinte a Portugal, onde vai prosseguir a sua obra de “Langages tissés”, com a edição de um livro previsto para o mês de outubro.

A exposição é gratuita e está patente ao público desde o dia 3 de julho ao dia 17 de outubro.

 

Centre d’art Le Lait

28 rue Rochegude

81000 Albi

 

Cultura

 

X