Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Política

 

 

Os dois últimos Secretários de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes e José Luís Carneiro, foram eleitos, respetivamente, em Bragança e em Braga.

O Partido Socialista ganhou as eleições legislativas no distrito de Bragança e tornou-se, pela primeira vez, maioritário neste círculo eleitoral, com dois dos três lugares na Assembleia da República.

Esta é a segunda vitória dos socialistas em eleições nacionais neste distrito, depois da maioria absoluta de José Sócrates, em 2005, em que o partido ganhou na região, mas ficou com dois Deputados e o PSD com o mesmo número, quando este círculo eleitoral ainda elegia 4 parlamentares.

Nas eleições de ontem, o PS ficou à frente com mais 15 votos e elegeu 2 Deputados e o PSD elegeu um, num distrito tradicionalmente de direita, segundo os resultados oficiais.

Os eleitos socialistas são dois membros do Governo que vai cessar funções, concretamente Sobrinho Teixeira, Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior, e Berta Nunes, Secretária de Estado das Comunidades Portugueses.

Sobrinho Teixeira é professor do ensino superior e foi Presidente do Instituto Politécnico de Bragança, e estreou-se como candidato, encabeçando a lista do PS pelo círculo eleitoral de Bragança.

A médica Berta Nunes deixou a Câmara de Alfândega da Fé, em 2019, para integrar a lista socialista às legislativas, também em segundo lugar, e foi escolhida para integrar o Governo liderado por António Costa, com a pasta das Comunidades.

Da bancada socialista sai o antigo Secretário de Estado da Administração Interna Jorge Gomes, que se demitiu na sequência dos incêndios de 2017 e ocupou até agora o lugar de Deputado, tendo também integrado a lista às legislativas de 2022, mas em terceiro lugar.

O PSD trocou de lugar com o PS e passa a ter apenas um deputado por Bragança na Assembleia da República, mantendo-se no lugar Adão Silva, atual líder parlamentar e que já leva quase de 30 anos como Deputado.

Cumprindo a “tradição”, o PS também foi o partido mais votado no distrito de Braga, com uma lista liderada por José Luís Carneiro.

O antigo Secretário de Estado das Comunidades passou a ser o Secretário Geral Adjunto do PS e, apesar de ser do distrito do Porto, candidatou-se agora por Braga.

Das 14 câmaras do distrito, 9 são detidas pelo PSD, sozinho ou coligado, e as restantes 5 pelo Partido Socialista.

Donativos LusoJornal

 

X