Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Política

 

Depois do LusoJornal já ter anunciado esta semana que a bióloga radicada no Reino Unido, Joana Carvalho, é a cabeça de Lista da CDU pelo círculo eleitoral da Europa às eleições Legislativas de 30 de janeiro, a coligação que integra o PCP e os Verdes já divulgou a lista completa dos candidatos.

O número dois da lista é Nuno Gomes Garcia, 43 anos, residente em França e colaborador do LusoJornal. Arqueólogo de formação, escritor – foi finalista do Prémio Leya -, Nuno Gomes Garcia tem várias obras publicadas. No LusoJornal é editor da rubrica literária e tem um programa que também é difundido pela Rádio Alfa de Paris.

Na lista da CDU, segue-se Nuno Simões, enfermeiro residente na Suíça e Inês Lisboa da Alemanha.

“As próximas eleições para a Assembleia da República revelam-se de enorme importância para o País e para as Comunidades portuguesas” diz uma nota da Organização do PCP nas Comunidades, enviada às redações. “No próximo dia 30 de Janeiro de 2022, os portugueses residentes nos países do Círculo eleitoral da Europa vão ter a oportunidade de eleger Deputados comprometidos com a defesa dos seus interesses e aspirações. Nestas eleições há que dar voz aqueles que colocam a defesa dos interesses e aspirações das Comunidades portuguesas como seu único objetivo”.

A cabeça de lista por esta candidatura da CDU, Joana de Abreu Carvalho, tem 43 anos, é licenciada em Biologia e doutorada em Biotecnologia. Trabalha no Reino Unido, no desenvolvimento de terapias para oncologia e doenças infecciosas e foi quadro técnico de várias empresas de biotecnologia no Reino Unido e na Dinamarca.

Nuno Simões, 44 anos, é membro do Conselho consultivo do Consulado Geral de Portugal de Genebra e Presidente da Associação Cultural Tuna Helvética. Inês Lisboa tem 31 anos, é licenciada em Línguas, Literaturas e Culturas e é Gestora de projetos na indústria dos videojogos. Foi Membro da Associação de Estudantes da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa antes de emigrar para a Alemanha.

“Os candidatos da CDU estão na política não para se servir, não para se promover, mas para servir os trabalhadores e o povo, para defender os interesses e aspirações das Comunidades portuguesas, e para apresentar propostas e soluções que possam dar resposta aos desafios e aos problemas com que as Comunidades portuguesas na diáspora estão confrontadas” diz a nota do PCP. “São candidatos com uma profunda ligação à vida, às Comunidades emigrantes. Homens e mulheres com provas dadas na luta pelos direitos, pela defesa daqueles que vivem e trabalham fora de Portugal”.

O Mandatário da CDU pelo Círculo da Emigração na Europa é Amadeu Batel. Mora na Suécia, tem 76 anos, é professor universitário, aposentado, de Língua, Literatura e Cultura Portuguesas na Universidade de Estocolmo, Suécia. Tem um “vasto percurso no movimento associativo, federativo e intercomunitário”. Desempenhou vários cargos diretivos na Lusitânia – Associação Portuguesa de Estocolmo, foi Presidente, de 1987 a abril de 2019, da Federação das Associações Portuguesas da Suécia e é o atual Vice-Presidente do Conselho Permanente do Conselho das Comunidades Portuguesas.

“Com a divulgação da lista de candidatos pelo Círculo da Emigração – Europa – a CDU apresenta-se a estas eleições como força portadora de uma alternativa política para as Comunidades portuguesas na diáspora” diz a nota do PCP.

 

Donativos LusoJornal

 

X