Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A 30ª jornada do Campeonato francês da segunda divisão de futebol, a Ligue 2, terminou na segunda-feira 1 de abril com o empate sem golos entre o Lens e o Le Havre. Na liderança nada mudou, o Metz lidera à frente do Brest e do Paris FC.

O Metz continua no primeiro lugar com 64 pontos, isto após o triunfo por 2-1, em casa, frente ao Lorient, um adversário direto à subida de divisão e que conta com três lusófonos no plantel: os defesas guineense Houboulang Mendes, brasileiro Felipe Saad e lusodescendente Jonathan Martins Pereira. De notar que, nesse encontro, do lado da equipa do Metz, o internacional caboverdiano Jamiro Monteiro não foi convocado, enquanto o Espanhol Iván Balliu que passou por Portugal foi titular.

 

Metz tem oito pontos de vantagem sobre o Brest

O Brest do médio franco-português Mathias Autret acabou por empatar sem golos, em casa, frente ao Clermont do avançado lusodescendente Mathias Pereira Lage. Com este resultado o Brest permanece no segundo lugar agora com 56 pontos, a oito pontos da liderança.

De notar que o Paris FC ocupa a terceira posição com 53 pontos após o triunfo por 3-0, em casa, frente ao Auxerre. O Lorient desceu assim para o quarto lugar com 50 pontos.

A quinta posição é ocupada pelo Lens e pelo Troyes, ambos com 49 pontos, isto após o empate sem golos do Lens frente ao Le Havre, e do triunfo caseiro do Troyes, clube do Treinador português Rui Almeida, por 2-1 frente ao Grenoble.

Neste lote de equipas, que estão nos lugares cimeiros, contamos com dez lusófonos: o médio caboverdiano Jamiro Monteiro está no Metz, os defesas guineense Houboulang Mendes, brasileiro Felipe Saad e lusodescendente Jonathan Martins Pereira atuam no Lorient, o médio franco-português Mathias Autret joga no Brest, o médio brasileiro Dyjan Azevedo representa o Paris FC, enquanto o defesa franco-caboverdiano Steven Fortes está no Lens. O Troyes entra também neste lote com o defesa-central luso-francês, Yohan Tavares, o médio lusodescendente Claude Gonçalves, e o médio defensivo luxemburguês com origens caboverdianas, Christopher Martins Pereira.

De notar que nenhum jogador lusófono marcou nesta jornada. Neste momento o melhor marcador lusófono da Ligue 2 é o avançado lusodescendente Tony Maurício do Valenciennes que lidera com sete golos marcados.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
10.0
X