Augusto Brázio

Lina e Raül Refree candidatos ao ‘Victoires du Jazz’ recebem prémio de melhor álbum da crítica alemã

O álbum dos músicos Lina e Raül Refree, que recria temas do repertório de Amália Rodrigues, recebeu o prémio de melhor álbum da crítica alemã (Preis der deutschen Schallplattenkritik). O prémio alemão aponta o disco desta dupla como o melhor álbum do primeiro quadrimestre deste ano, anunciou a promotora Uguru.

Editado internacionalmente, em janeiro último, pela Glitterbeat Records, o álbum inclui temas como “Barco Negro”, “Foi Deus”, “Ave Maria Fadista”, “Medo” ou “Gaivota”, com novos arranjos musicais do espanhol Raül Refree, e tem uma nomeação para os prémios franceses Victoires du Jazz, na categoria “Álbuns de Músicas do Mundo”.

Este anúncio surge numa altura em que o duo tem estado a reagendar os seus espetáculos, devido à pandemia da Covid-19.

Lina tem uma carreira como fadista e, Refree, na área da música pop, tendo produzido álbuns de Sílvia Perez Cruz, El Niño de Elche, Lee Ranaldo e Rosalía. A dupla conheceu-se em Lisboa e estreou-se em palco no Festival La Mar de Músicas, em Cartagena, no sul de Espanha, num espetáculo encenado por António Pires.

A nível internacional, o disco de estreia do projeto foi recebido com elogios em múltiplas publicações internacionais. A revista francesa “Les Inrocks” qualificou-o como “esplêndido e surpreendente”.

 

Cultura