Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Lotação esgotada para espetáculo de Elena Correia, Chris Ribeiro e Lusibanda em Wissous

LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha

No passado dia 29 de fevereiro, a Salle St Exupery, em Wissous, acolheu um jantar seguido de concerto com os artistas Elena Correia e Chris Ribeiro, acompanhados pelo agrupamento musical Lusibanda. O evento foi organizado pela associação RFP de Wissous (91).

Uma semana depois de anunciarem o evento, os organizadores já tinham lotação esgotada para a refeição e pouco tempo depois a bilheteira para o espetáculo também esgotou. Não é frequente ver um cartaz de uma festa portuguesa com a indicação “Esgotado” e por isso, a Presidente da associação, Alexandrie Paiva, estava visivelmente contente.

O Couscous também parece ter agradado aos presentes que jantaram na sala, e a Presidente foi felicitada pelo público.

Lusibanda, um agrupamento musical do Havre cada vez mais conhecido na região parisiense, foi o primeiro a subir ao palco.

Seguiu-se Elena Correia, com banda e bailarinas, para apresentar o seu novo álbum. “Foi um grande espetáculo, um dos melhores que já vi da Elena Correia. O público aderiu, o ambiente está muito bom” disse ao LusoJornal David Correia, produtor e marido da cantora. “O CD saiu há apenas uma semana em Portugal, e já é sucesso. Tem ritmos contagiantes, com uma batida muito forte, com melodias lindas e uma letra do melhor que hoje temos na música portuguesa” disse David Correia, pronto a esquecer “todos os sacrifícios, as horas sem dormir, os quilómetros percorridos, para aqui chegar”.

Também Chris Ribeiro estava emocionado com o acolhimento do público. O cantor mora na região de Strasbourg e diz que “é sempre um prazer vir aqui, a comunidade é muito grande, foi uma noite espetacular” disse ao LusoJornal.

Já lá vai o tempo em que Chris Ribeiro começou a tocar concertina e a animar festas da associação local. “Vida” é o último álbum do artista que já está a preparar um novo trabalho a editar ainda este ano. Entretanto segue para Lisboa, precisamente para gravar, tem três datas em Nova Iorque, segue-se a Madeira, mas espetáculos em França, depois em Boston e em agosto vai cantar em Portugal.

O espetáculo já acabou noite dentro e toda a organização parecia contente.

 

LusoJornal Artigos
X