Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Mais de 10 mil camionistas portugueses estão a ser afetados pelos protestos em França contra o aumento das taxas de combustível, disse à Lusa o Presidente da Associação de Transportes Públicos Rodoviários de Mercadorias.

“Hoje de manhã cedo [ndr: ontem , segunda-feira], a média de camionistas portugueses afetados pelo protesto era de dez mil, mas cerca das 10h30 já era muito superior a isso. Muitos camiões portugueses que saíram este fim de semana acabaram por ficar paralisados devido aos protestos dos ‘coletes amarelos’”, indicou Márcio Lopes.

De acordo com o Presidente da Associação Nacional de Transportes Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM), os camionistas estão a ser afetados sobretudo pelos bloqueios que não permitem uma circulação normal.

A forma como estão a ser prejudicados tem a ver com o bloqueio dos camionistas nas estradas e não pelo bloqueio que está a ser feito em algumas bombas de gasolina. “Só 5% dos camionistas portugueses abastecem em França, os restantes fazem-no ou antes de entrar em França ou depois de sair”, disse.

Em Portugal, as transportadoras portuguesas estão a reivindicar o Contrato Coletivo de Trabalho, melhores condições e também o preço dos combustíveis, de acordo com o Presidente da ANTRAM.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.1
X