Lusa - PR / Luís Ochôa

Marcelo enviou mensagem de solidariedade a Macron após ataque contra curdos

Comunidade

 

O Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, manifestou a sua solidariedade com as vítimas do “atentado xenófobo” em Paris, na sexta-feira, numa mensagem que enviou ao seu homólogo francês, Emmanuel Macron.

“O Presidente da República enviou uma mensagem ao Presidente Macron, em que expressa a sua solidariedade com as vítimas do atentado xenófobo em Paris, particularmente chocante num período que apela à paz e à fraternidade”, lê-se numa nota publicada na página da internet da Presidência da República.

Um homem de 69 anos, com antecedentes de violência racista, matou três pessoas da Comunidade curda de Paris na sexta-feira, desencadeando protestos na capital e em algumas cidades francesas.

O ataque provocou ainda três feridos.

O alegado autor dos disparos, que ficou ferido, foi detido e está sob custódia da justiça.

O suspeito enfrenta potenciais acusações de homicídio e tentativa de homicídio com um motivo racista, disse ontem o Ministério Público parisiense.

 

Donativos LusoJornal