Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Emiliano Martins, o homem de 53 anos, suspeito da autoria de três crimes de homicídio, dos pais e da irmã, um dos quais na forma tentada, na Madeira, foi detido e vai ser hoje presente às autoridades judiciárias.

A informação foi confirmada hoje em comunicado pela Polícia Judiciária (PJ), que diz tratar-se de um ex-emigrante em França, atualmente a residir no concelho de Santana, no norte da ilha da Madeira, que na noite de sábado para domingo assassinou a mãe e a irmão com disparos de caçadeira “na zona da cabeça”.

Também provocou “ferimentos graves”, na mesma parte do corpo, no pai que está internado no hospital dr. Nélio Mendonça, no Funchal, com prognóstico reservado.

Os pais são emigrantes em França e a imã residia no Algarve e estavam de férias na Madeira.

O detido será “presentes às autoridades judiciárias no dia de hoje para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medida de coação tida por adequada”, conclui a mesma nota.

Fonte da PJ disse à Lusa que ainda continuam à procura da arma do crime.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 5 Votos
4.7
X